fbpx

Como estudar Português básico para concursos?

Compartilhe o conteúdo

Dez em cada dez seleções cobram Língua Portuguesa. Independentemente do nível de dificuldade, um consenso entre os professores dessa disciplina é que você precisa saber o Português básico para concursos.

Muitos candidatos, na hora de organizar seu cronograma de estudos, negligenciam a disciplina. Mas o segredo é que o sucesso nessa prova pode ser a chave para a sua aprovação.

Se você quer se tornar um futuro servidor, precisa entender que o primeiro passo para enfrentar obstáculos mais altos é compreender bem o conteúdo inicial.

Vamos lá?

como estudar portugues basico para concursos

Um consenso entre os professores de Português é que você precisa saber o básico

O que estudar no Português básico para concursos?

Há muitos tópicos importantes em Português, segundo a professora Thais Batista, mas os alunos precisam ter conhecimento em três partes fundamentais:

Morfologia

A Morfologia é o estudo dos vocábulos. São os mecanismos de formação e flexão dos vocábulos e separação em classes, que se dividem em dez grupos:

  • Substantivo
  • Adjetivo
  • Numeral
  • Pronome
  • Verbo
  • Artigo
  • Preposição
  • Interjeição
  • Conjunção
  • Advérbio

Sintaxe

A sintaxe é a parte da Gramática que verifica a ordem, função e relação das palavras na frase.

Semântica

A semântica é o estudo da significação das palavras, que podem estar contextualizadas ou isoladas.

Quais os assuntos básicos de Português mais cobrados?

O Português básico, quando direcionado aos concursos públicos, possui diversos assuntos. De acordo com a professora, a maior parte do programa inicial desta matéria tem chances de ser exigido nas provas.

Portanto, pegue o conteúdo do tópico anterior (Morfologia, Sintaxe e Semântica), sua gramática e comece a estudar agora!

Mas calma, Thais Batista aponta alguns temas que aparecem mais e é preciso que o estudante esteja com eles afiados.

De forma cirúrgica e genérica, alguns temas cobrados são:

  • Acentuação gráfica: princípios da regra de acentuação, saber o que permanecer ou modificou com o novo acordo ortográfico.
  • Classes gramaticais: diferenciar as classes gramaticais. Ex: saber o que é substantivo, pronome indefinido, relativo, oblíquo, diferenciar o pronome oblíquo átono de um artigo, variações que um verbo pode ter, etc.
  • Orações: identificar os termos das orações e classificação de cada.
  • Regência e concordância verbal e nominal: saber as regras de cada.
  • Crase: saber as regras e quando utilizar a crase.
  • Pontuação: quando e como utilizar os sinais de pontuação.
  • Semântica: entender o sentido, código, significação do texto.

Ainda assim, a professora reforça que, por existirem muitas regras, é difícil delimitar o que uma banca pode cobrar. Para isso, ela utiliza como exemplo a acentuação gráfica:

O aluno deve saber todas as regras de acentuação gráfica. Por mais que pareça exaustivo, ele precisa saber o que modificou e o que permaneceu. E para saber disso, precisa saber a acentuação gráfica toda, completa. Ou pelo menos o básico que adquiriu a vida toda para saber as modificações, completa Thais.

temas mais cobrados em portugues basico

Qual a melhor técnica de estudos para aprender o Português básico?

O conteúdo pode parecer fácil, mas é bem extenso. Para começar, a professora de Português afirma que é importante que você faça um estudo diário da Língua Portuguesa.

Desse modo, o que você aprendeu não vai se perder ao longo do tempo. A dica para facilitar esse processo é aliar teoria e questões.

  1. Escolha um assunto
  2. Leia tudo sobre ele
  3. Resolva exercícios logo em seguida

Thais Batista afirma que esse é o melhor caminho para eliminar as suas dificuldades. Além disso, é bom sempre ter uma literatura de apoio, ou seja, uma gramática para usar como base de estudos.

Utilizar uma ferramenta de questões também é uma boa estratégia para facilitar seu processo de pesquisa de exercícios

Vamos recapitular? A massificação do conteúdo estudado é importante nesse processo e ler somente a teoria não o torna mais fácil. O ideal é resolver também muitas questões sobre os assuntos.

→ Estudar questões de concursos realmente funciona?

Assinatura Folha Dirigida

Existe uma ordem correta para estudar Português básico?

Existe um roteiro de estudo que você pode seguir na hora de estudar Português básico, mas, antes de compartilhar com você, precisamos dizer que vai melhorar consideravelmente a sua compreensão no estudo.

A professora Thais indica seguir a ordem que é apresentada nas gramáticas. Esta costuma ser:

  1. Fonologia
  2. Morfologia
  3. Sintaxe
  4. Semântica

→ Como iniciar seu plano para concursos

ordem para estudar portugues basico

Qual a importância de estudar a Língua Portuguesa básica?

A Língua Portuguesa é sempre exigida nos concursos. Normalmente, segundo Thais, é o “calcanhar de Aquiles” da maioria dos candidatos que concorrem por um cargo público.

É preciso entender a sua importância como trunfo e dedicar-se, assim como em outras disciplinas mais específicas em sua seleção de interesse.

Se o aluno tiver essa consciência, entenderá que estudar Português será o critério de desempate nos certames, explica a professora.

Além disso, o Português básico é o pontapé inicial para se aprofundar na matéria. Em poucas palavras, se você não souber o básico, vai ser muito mais difícil acertar questões com maior grau de dificuldade.

Esse é o primeiro passo para você se sair bem nas provas de Língua Portuguesa. O que você está esperando? Bons estudos!

Leia mais sobre a Semana Português para Concursos:

→ Como estudar Português sozinho?
→ Como estudar por níveis de escolaridade?

Quer saber como começar a estudar Português?

A professora Thais Batista explica na transmissão ao vivo como começar a estudar e fala dos conceitos básicos que você deve manter na sua preparação.

Acompanhe todas as lives da Semana Português para concursos da Folha Dirigida:

1. Provas para todos os níveis
2. Como começar a estudar do zero
3. Macetes para estudar Português
4. Os principais assuntos da matéria
5. As características das bancas


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *