fbpx

Banca da PC RJ: o que sabemos até agora

Para quem acompanha a saga do concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o acontecimento mais aguardado do próximo episódio é qual será a banca da PC RJ.

Como o processo é público, é possível acompanhar o andamento da contratação. Até o momento da publicação deste post, consta a contratação da Fundação Getulio Vargas (FGV) para os seis cargos, fora o de delegado que será pelo Cebraspe.

Ainda assim, não dá para dizer se a banca assinou ou não, visto que ainda não publicaram o extrato do contrato no Diário Oficial. Mas, tudo indica que isso pode acontecer a qualquer momento!

Atualização: o edital para os seis cargos, com 350 vagas ao todo, foi publicado. A banca organizadora é a FGV.

Quer saber mais sobre a banca da PC RJ? Confira a conversa do professor Alexandre Prado com o editor-chefe da Folha Dirigida, Gustavo Portella.

Se a banca da PC RJ for divulgada, você está preparado?

Via de regra, o candidato nunca se sente suficientemente preparado quando a banca do concurso é anunciada.

Por isso, fique atento: ao que parece, a contratação da FGV está em passos mais avançados do que esteve a do Cebraspe, que aparentemente não deve mais organizar o concurso.

Mesmo assim, o professor Alexandre Prado ressalta que o que muda de uma banca para outra é apenas a abordagem e a estratégia de prova. Afinal, se não fosse assim, teria que haver um professor para cada banca, certo?

O que o candidato precisa saber sobre a FGV?

Se a banca da PC RJ foi mesmo a FGV, é importante que o candidato tenha em mente que a organizadora não costuma perguntar a letra da lei. Em vez disso, conta uma história para depois fazer a pergunta. Esse texto, muitas das vezes, é uma distração para quem não está focado.

É aí que ela vence o candidato no cansaço, na medida que são textos longos e cansativos. Porém, segundo Prado, é possível responder às questões lendo apenas a última linha do enunciado, onde costuma estar a pergunta.

Esse tipo de prática o futuro servidor só aprende quando pratica com questões.

Outro hábito da FGV é cobrar a doutrina e a jurisprudência nas disciplinas de Direito, tanto para os cargos de nível médio quanto de nível superior. Nada mais justo do que já começar a estudar esse conteúdo, não é mesmo?

Vale a pena estudar pela prova da PC RN para a PC RJ?

Apesar de também ter tido a FGV como organizadora, Prado crê que o concurso tenha sido muito mais fácil do que será o da PC RJ.

É uma seleção esperada há anos e que, portanto, as pessoas estão se preparando há muito tempo. Além da expectativa de um grande o número de inscritos, o tempo de preparação deve subir a nota de corte da prova no Rio de Janeiro.

Por isso, vale a pena sim dar uma olhada na prova da PC RN, mas não apenas nela. O professor aconselha estudar por todas as provas organizadas pela FGV desde 2017 que tenham conteúdo programático em comum com a PC RJ.

Inclusive, o Especialista afirma que essa história de que a prova para o cargo de nível médio é mais fácil é mito. Justamente por ter mais vagas para o cargo, a expectativa é que o exame esteja ainda mais difícil.

necropsia pc rj

Base da prova

Não só quem se inscreveu para a PC RN, mas também para a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e outros concursos policiais e que não foram aprovados, devem vir fazer a prova da PC RJ.

Em geral, concursos da área Policial têm uma base muito parecida e as pessoas estão muito bem preparadas.

Alexandre Prado divide os candidatos em três grupos:

  1. os inscritos;
  2. os que de fato vão fazer a prova (em média, cerca de 30% pessoas falta no dia);
  3. os concorrentes, aqueles que realmente se prepararam.

Quem quer passar precisa se enquadrar no perfil 3, e se considerar um concorrente.

A expectativa é que, assim que confirmada a banca, publiquem o edital. Isso deve acontecer devido ao prazo apertado. Os aprovados no curso de formação precisam ser nomeados ainda no primeiro semestre de 2022, antes do período eleitoral.

Isso significa dizer que a prova deve acontecer ainda em 2021 ou logo no início de 2022, para dar tempo de os candidatos cumprirem as 800 horas do curso de formação.

Dicas para a prova da PC RJ

Para quem fez a prova da PRF, por exemplo, Prado explica que a estrutura do exame é bem diferente. Por isso, não compararia um edital com o outro, nem a nota de corte.

O importante é que o candidato estude não para fazer o mínimo, mas sempre pensando em gabaritar. Quem está iniciando os estudos agora, é hora de correr atrás.

Como dicas para a prova, o professor aconselha:

  • Pegar todas as provas de Língua Portuguesa e Informática dentro do conteúdo programático
  • Pegar as provas mais atualizadas da FGV
  • Não esquecer da legislação atualizada e não perder essas atualizações
  • Estudar os princípios atuais da doutrina e jurisprudência

Quanto à prova de 2008 em que a FGV foi banca da PC RJ, ele acredita que sirva apenas para estudar para Língua Portuguesa, visto que é antiga e a banca passou por uma repaginada de 2017 em diante.

Ainda não sabemos com certeza a banca da PC RJ, mas já está na hora de alavancar a sua preparação, certo?

turma bravo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *