fbpx

Palestrão Segurança RJ: servir e proteger na Polícia Militar

Compartilhe o conteúdo

Tornar-se um policial é o sonho de muitas crianças e a meta de muitos futuros servidores. Conhecer bem os cargos de Segurança Pública é fundamental para iniciar a jornada de concursos nessa carreira.

E a Polícia Militar do Rio de Janeiro promete ser um dos concursos em destaque para o ano de 2020, já que estão autorizadas 2 mil vagas para soldado. (Confira mais no noticiário da FD)

Quem se especializou nesse setor ao longo de sua trajetória profissional foi Rodrigo Pereira, fundador do Sistema Praticar de Ensino, focado em preparatórios na área de Segurança.

Ele estará presente como palestrante convidado do Palestrão Futuro Servidor – Carreiras da Segurança (Edição RJ), evento que será realizado no dia 25 de janeiro de 2020, no Rio de Janeiro.

blog-rodrigo

Rodrigo Pereira é fundador do Sistema Praticar de Ensino

Largou a arquitetura e foi aprovado em 5 concursos militares

Em 2002, Rodrigo Pereira cursava a faculdade de Arquitetura, mas decidiu deixar de lado o curso superior para focar em um novo objetivo: tornar-se um servidor público.

Após três anos de muito estudo, foi aprovado em vagas para cinco concursos na área Militar: ESA, EEAR, EFOMM, oficial e soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Foram dois meses atuando no Exército Brasileiro até ser chamado para o cargo de oficial da PMERJ, no qual se apresentou para preparação na Academia de Oficiais.

Leia também: As mulheres na Polícia

Paixão pela Pedagogia levou a fundar curso preparatório

Ao mesmo tempo em que se dedicava à carreira policial, Rodrigo Pereira tinha outra vocação: ser professor.

Desde a faculdade de Arquitetura, Rodrigo ministrava aulas nas suas horas vagas. À princípio, foi um caminho que encontrou para manter seus estudos, mas que foi crescendo em sua vida.

O que foi interrompido por um tempo quando passou para a PM. Mas, após se formar na Academia Policial, voltou a dar aulas. Em 2008, fundou o Curso Praticar, especializado na área de Segurança.

O curso surgiu após Rodrigo identificar uma carência na oferta de cursos preparatórios para as áreas Policial e Militar. Na época, ele ainda se dedicava à preparação para concursos.

Em 11 anos, aprovou mais de 7 mil alunos em concursos

Após 11 anos, o curso se tornou destaque entre os preparatórios da área e já conseguiu aprovar mais de 7 mil alunos em seleções militares e da área policial do país e até em vestibulares.

Segundo o fundador, o sucesso do curso se deve a três fatores: metodologia pedagógica diferenciada, qualidade do corpo docente e compromisso com a aprovação dos alunos.

“Temos um compromisso muito grande com a aprovação dos nossos alunos, por isso tivemos que desenvolver mecanismos de ensino eficientes que pudessem fazer com que o aluno, em casa, tivesse o mesmo comprometimento e entrega do aluno presencial”, ressaltou.

Após 16 anos como Militar e 15 dedicados à preparação de concursos, o conselho que Rodrigo dá para os futuros servidores que procuram fazer parte dessa área é ter muita resiliência e dedicação.

“Para mim, o esforço sempre supera o talento. Quando dedicamos nosso tempo a algo que acreditamos, as coisas acontecem”, explica o professor.

Neste ano, os concursos da área de Segurança no RJ prometem estar entre os mais concorridos, portanto, seguir a dica do fundador do Praticar é essencial para o sucesso de quem planeja seguir carreira como policial.

E, no dia 25 de janeiro, o professor falará no Palestrão Futuro Servidor – Carreiras da Segurança (Edição RJ) sobre como estudar para soldado da PM, o que costuma cair na prova e como é a carreira de policial militar.

 


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *