fbpx

Como otimizar o tempo de estudo para concurso?

Compartilhe o conteúdo

Você tem pouco tempo para o estudo para concurso? Saiba que você não está sozinho nessa. O que fazer? Basta otimizar o seu tempo.

Muitas pessoas não têm o tempo exclusivo para dedicar-se 100% à preparação para concursos públicos.

Seja porque fazem faculdade, trabalham e/ou têm filhos para cuidar. No final das contas, fica aquele dilema: como organizar uma rotina que possa equilibrar tudo isso?

Você tem pouco tempo para dedicar ao estudo para concurso? Saiba que você não está sozinho nessa. O que fazer? Basta otimizar o seu tempo

Equilibrar o tempo de estudo com trabalho, tarefas de casa e faculdade é um desafio para muitos futuros servidores (Foto: Freepik)

Como otimizar o tempo de estudo para concurso?

Victor Maia, fundador da EduQC, afirma que a primeira coisa que você deve fazer quando precisar otimizar seu tempo de estudo para um concurso é remover da rotina atividades desnecessárias.

Principalmente quem trabalha e estuda, que não tem tempo para perder. Comece refletindo sobre o que você faz no seu dia a dia.

É fundamental que o candidato faça essa reflexão e se abstenha de toda atividade que não seja essencial, explica Maia.

Apesar disso, o especialista diz que isso não significa que você não possa reservar um tempo para diversão ou descanso. Ele recomenda um dia por semana para essa “pausa”.

Além disso, não se esqueça de se exercitar pelo menos três vezes por semana, por meia hora. E dormir bem, afinal, é durante o sono que o conteúdo estudado é retido.

O que fazer para ser mais produtivo?

Se você entende que precisa de uma nova rotina para ser produtivo, um bom planejamento é essencial. Quantas horas para o estudo você tem livres por dia?

Maia indica que você comece a sessão de estudos sabendo exatamente o tempo que vai gastar com cada disciplina para:

O ambiente de estudos também deve ter uma atenção maior nessa preparação para que você esteja livre de distrações, principalmente se estiver estudando em casa para um concurso.

“Se o local de estudo é barulhento, por exemplo, o estudante deve investir em um isolante acústico”, recomenda o fundador da EduQC.

Conheça o Método Futuro Servidor e otimize seus estudos!

Curso Método Futuro Servidor menor

Como saber o tempo que deve ser dedicado para estudar?

Essa questão vai depender de pessoa para pessoa. Victor Maia explica que você deve estudar o que pode, no período que tiver disponível, sem perder tempo com distrações.

Planejar estudar por mais tempo do que cabe na sua rotina não é indicado. O motivo? Isso só vai causar ansiedade e frustração.

A consequência é mais dificuldade ainda para estudar, pois a ansiedade é um dos principais inimigos do estudo. O que causa a falta de concentração.

Estudar o possível dá um senso de dever cumprido que é super importante para ter constância nos estudos, que no final das contas é o mais importante para que a aprovação seja questão de tempo.

Quanto tempo estudar para uma prova?

Quando for se preparar para estudar para uma prova, Victor Maia afirma que é mais importante começar cedo do que aumentar o volume.

Ou seja, prepare-se com antecedência, dentro da sua realidade e estudando o possível. Não deixe para se preparar de última hora.

Certamente, nem todos vão ter muita disponibilidade de estudos por dia, mas Maia ressalta que não vale a pena estudar mais de seis horas líquidas por dia, nem mais que seis dias por semana.

Como fazer o planejamento de estudos depois do edital?

Maia conta que o planejamento de estudo pós-edital não é muito diferente do planejamento geral.

A diferença é que o tempo até a prova fica ainda mais reduzido e não dá para adicionar as matérias aos poucos.

O momento é de fazer um planejamento que envolva todas as disciplinas do concurso e identificar a proporção de tempo para cada.

Victor Maia indica dividir as disciplinas em três grupos, na seguinte ordem de prioridade (1-3):

  1. Disciplinas grandes que você ainda não estudou, você vai focar mais.
  2. Disciplinas que você já estudou por completo – foque menos e dedique-se às revisões, nesse caso.
  3. Disciplinas menores que você ainda não estudou, sem assunto extenso, pode dedicar menos tempo.

Distribua as matérias de modo que você estude no mínimo uma hora por semana de cada.

No restante do tempo, coloque disciplinas dos grupos 1 e 2, priorizando o primeiro.

Caso tenha pouco tempo livre durante a semana, faça um planejamento quinzenal. Vai ficar mais fácil. À medida que for concluindo seus ciclos, faça um pensamento crítico sobre você e o edital, e faça ajustes, aconselha o fundador da EduQC.

Como dividir as disciplinas depois do edital

Como organizar a Semana de Estudos?

Para ilustrar como seria uma semana de estudos completa, Maia trouxe um exemplo para um edital que tem as seguintes provas:

  • Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Previdenciário e Regimento Interno do órgão.

Seguindo a explicação do tópico anterior, ele sugeriu uma divisão da seguinte forma:

  • Grupo 1: Direito Previdenciário
  • Grupo 2: Direito Constitucional, Direito Administrativo e Português
  • Grupo 3: Regimento Interno do órgão

Se você tiver 10 horas semanais, estas podem ser divididas em:

  • Direito Previdenciário: 3 horas
  • Direito Constitucional: 2 horas
  • Direito Administrativo: 2 horas
  • Português: 2 horas
  • Regimento Interno do órgão: 1 hora

No final, faça os ajustes necessários.

Pode ser que você ache que precisa estudar mais Constitucional que Português, por exemplo. Nesse caso, aumente o primeiro para três horas semanais e diminua o segundo para duas, finaliza.

Se você ainda está com dificuldade para montar o seu planejamento e cronograma para otimizar seu tempo de estudo para concurso, temos uma boa notícia para você.

Que tal uma ferramenta que divida o seu tempo de forma ideal no seu ciclo, levando em conta sua proficiência e o peso de cada matéria na prova?

Assinatura FD Premium + EduQC


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *