fbpx

4 passos para aprender interpretação de texto para concursos

Compartilhe o conteúdo

Você já se perguntou como está a sua interpretação textual? Na verdade, aprender a interpretação de texto para concursos não serve apenas para a prova de Língua Portuguesa, como para entender todas as demais questões.

Ninguém quer perder ponto por não entender o enunciado, certo?

A Interpretação de Texto é um assunto recorrente nas seleções e pode chegar, em média, a representar 30% ou até mais das questões em uma prova de Português.

É o que explica o professor da disciplina, Marcos Aguiar. Por isso, ele recomenda muito treino para ter uma boa interpretação de texto. Quer saber como começar?

O que você vai encontrar aqui?

quatro passos para aprender interpretacao de texto para concursos

4 passos para uma boa interpretação de texto para concursos

Antes de entender como melhorar a sua interpretação textual, o primeiro ponto destacado pelo professor Marcos Aguiar é de que as pessoas estão esquecidas da prática da leitura.

Muitas vezes os candidatos acreditam que estudar a parte didática, ou seja, apenas o material teórico, será suficiente para uma leitura plena.

Mas não é bem por aí que funciona.

Então, qual seria a melhor estratégia para praticar a interpretação de texto? O professor Marcos aponta a leitura paradidática.

O que é uma leitura paradidática?

A leitura paradidática é o tipo de leitura que irá acrescentar conhecimento para o aluno (dado o assunto que for lido) e ainda possibilitará a formação de um condicionamento de leitura.

Basicamente, praticar o condicionamento de leitura é algo muito parecido com o que um atleta de alto rendimento precisa fazer, destaca o professor.

O motivo? Ambos precisam se aperfeiçoar e praticar o máximo daquela atividade para, no dia “D”, realizarem o necessário com o maior desempenho e performance possíveis.

Dessa forma, uma boa interpretação textual exige uma leitura ativa.

Marcos Aguiar recomenda buscar livros na Literatura Brasileira de algum autor consagrado e começar a ler (mais abaixo você encontra exemplos).

O aluno deve buscar por leituras de fácil acesso e prazerosas, em que 30 a 40 minutos diários já irá agregar aos candidatos e somar na construção desse condicionamento de leitura, aponta Marcos Aguiar

O hábito de leitura é um fator decisivo para que o futuro servidor tenha mais ferramentas e conhecimento para realizar uma boa prova de interpretação textual.

Vamos listar 4 passos importantes para o estudante aprender como estudar interpretação de texto para concursos.

Leia mais sobre a Semana Português para Concursos:

→ Como as principais bancas cobram Português?
→ Principais assuntos que caem nas provas

Passo 1. Pratique uma leitura ativa

Como falado anteriormente, é importante que o estudante realize uma leitura paradidática diária de, no mínimo, 30 a 40 minutos.

Escolha um livro de sua preferência e comece esse processo de leitura, aumentando cada vez mais. Lembre-se que ler nunca é demais.

E quanto mais você praticar, melhor será seu rendimento.

Passo 2. Faça uma leitura diagonal do texto

Alguns candidatos pegam os textos de prova e, por muitas vezes, já querem se livrar do mesmo. Isso é muito errado, pois é preciso aprender a ler com eficiência e objetividade.

Para isso, o professor Marcos Aguiar recomenda a leitura na diagonal, que se baseia em uma primeira leitura para o aluno entender do que se trata o texto e qual é o assunto.

Em seguida, o mesmo deve realizar uma segunda leitura, buscando traçar as palavras-chave do texto. Aguiar explica que, em média, é possível encontrar de duas a três palavras-chave em cada parágrafo.

Para fechar, uma terceira leitura. Provavelmente você deve estar se perguntando agora: “será que dá tempo?”.

Sim, afirma o professor de Língua Portuguesa. Ele explica que com um condicionamento de leitura, o aluno conseguirá realizar esse processo de forma mais eficiente. É tudo uma questão de treino.

Passo 3. Leia os títulos dos textos com atenção

Você costuma prestar atenção nos títulos dos textos que precisa ler?

Vamos contar uma segredo para você: verificar o título do texto é essencial para entender o que ele quer dizer, o porquê e para que o texto foi escrito.

Tratando-se de interpretação, ter esse hábito poderá ser bem útil para você seguir o caminho certo para compreender a ideia inicial do texto.

Mas, se o texto possuir apenas um trecho, sem título, o que fazer? Confira no próximo passo.

Passo 4. Sempre verifique os rodapés dos textos

Sempre confira as notas de rodapé do texto. Caso o texto não possua título e seja apenas um trecho destacado, o rodapé trará as informações sobre o autor, ano e título.

Esses dados são fundamentais para ajudar o estudante na hora da prova a analisar e entender qual era a intenção e propósito do autor com o texto.

Quer praticar questões de interpretação textual? Estude por 10 dias gratuitos no FD Questões (se você já é um assinante FD Questões ou Premium, seu acesso à ferramenta é ilimitado!)

quatro passos para uma boa interpretacao de texto

Quais autores quem está começando a treinar pode ler?

O processo de condicionamento de leitura para uma boa interpretação deve ser de forma contínua, regular e progressiva.

Com isso, quem está começando deve focar em realizar ao menos leituras de 10 ou 15 minutos por dia.

Lembrando que o ideal é, no mínimo, 40 ou 50 minutos diários. O que ainda é considerado pouco, segundo o professor, para um leitor de alta performance.

Uma dica é tentar ler após o almoço. Marcos Aguiar explica que, caso dê sono ou vontade de fazer qualquer outra coisa, você está mal em relação ao hábito de leitura. Se for esse o caso, fique tranquilo e comece aos poucos!

Dicas de livros para começar, segundo Marcos Aguiar:

  • “O Quinze” da Rachel de Queiroz
  • “O Seminarista” de Bernardo Guimarães
  • “Dom Casmurro” de Machado de Assis

dicas de livros

Como as principais bancas cobram interpretação?

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Marcos Aguiar considera a FCC como a banca mais desafiadora na questão de interpretação textual. As questões de analista, por exemplo, geralmente cobram os mínimos detalhes.

Além de exigirem muito os fatores de compreensão, interpretação e lógica do candidato. Não é ideal para quem está iniciando os estudos praticar com questões desta banca.

Cespe/ Cebraspe

O professor considera o Cebraspe (antiga banca Cespe) com um nível de cobrança mais acessível, mesmo com a condição de “uma questão errada anula uma certa”.

Em relação à prova, é preciso ter atenção, pois algumas questões de interpretação muitas vezes envolvem conteúdos de gramática ou de reescritura. Então, atenção com esses detalhes.

Não é uma das bancas mais tendenciosas. Basta ter cuidado e bastante calma, que é possível fazer uma boa prova. Mas não esqueça de praticar antes!

Fundação Getulio Vargas (FGV)

A FGV é uma banca que exige atenção dobrada, porque cobra tudo aquilo que deve ser cobrado do conteúdo e sem pegadinhas.

Porém, o professor Marcos afirma que a FGV acaba não sendo tão complicada como a FCC no quesito interpretação de texto.

Instituto AOCP

É uma banca que não tem uma expressão no mercado de concursos. Aos poucos está conquistando o cenário, fazendo alguns concursos pelo país, principalmente os da área da Segurança, como da PC-RJ (exceto para delegado) e o último da PC-ES.

Vale destacar que não se trata da AOCP e sim do Instituto AOCP que está em análise. Você sabia que são bancas diferentes?

A interpretação textual da banca costuma ser de até 30% da prova de Português. Trata-se de uma banca muito acessível em sua cobrança e muito competente.

Vale ter atenção a alguns termos trabalhados por ela em seu enunciados: escorreito, imprescindível, entre outros.

Quer mais dicas de preparação para as provas de Português?

Confira todas as lives da Semana Português para concursos da Folha Dirigida:

1. Provas para todos os níveis
2. Como começar a estudar do zero
3. Macetes para estudar Português
4. Os principais assuntos da matéria
5. As características das bancas

Assinatura Folha Dirigida


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *