fbpx

Inglês para concurso do Banco do Brasil

Como anda seus conhecimentos em Língua Inglesa? Talvez não seja ainda tão comum, mas vem aparecido em alguns editais. No caso de Inglês para o concurso do Banco do Brasil, a banca pode ser um motivo que assusta os candidatos, mas não se preocupe!

Segundo o professor Roberto Witte, provas de Inglês da Fundação Cesgranrio podem ter textos de até 100 linhas. No entanto, existem formas de conseguir responder as questões sem precisar lê-las.

Oi? É sério mesmo?

Sim!  A primeira dica do professor é sempre deixar questões que exigem a leitura do texto de apoio para o final da prova. Confira outras tantas mais nesse post!

Como Banco do Brasil 2021 já saiu

O concurso do Banco do Brasil oferta 4.480 vagas, sendo 2.240 imediatas. Quatro mil delas são para o cargo de agente comercial (escriturário tradicional), sendo duas mil de início imediato.

As outras 480 são para agente de tecnologia (escriturário voltado para a área de Tecnologia da Informação), sendo 240 para início imediato. Enquanto o escriturário tradicional tem lotação em todos o país, o de TI é para o Distrito Federal.

A remuneração é de R$4.508,40, sendo R$3.022,37 de salário-base, R$831,16 de ajuda alimentação/refeição e R$654,87 de cesta alimentação, na forma do Acordo Coletivo de Trabalho.

O regime de trabalho é de 30 horas semanais. Ambos exigem apenas o ensino médio completo.

Inglês para concurso do Banco do Brasil

Na parte de Conhecimentos Básicos das duas áreas, haverá cinco questões de Língua Inglesa.

O professor Roberto Witte lembra que, em qualquer prova de concurso, o objetivo da banca é saber se você tem o perfil requisitado para aquele órgão. Ou seja, é como um exame de seleção para conseguir um emprego.

Por trás de uma prova de concurso público você tem uma forma de saber como é o perfil de quem vai trabalhar na instituição, justifica.

Por esse motivo, é importante saber como funciona a mente de quem fez as questões. As provas, incluindo as de Inglês, são elaboradas intencionalmente para não dar tempo de responder todas as questões.

No caso da Cesgranrio, as provas da disciplina costumam ser umas das mais longas, com textos de apoio de até 100 linhas. Por isso, é muito importante estudar a disciplina e conhecer o vocabulário.

Além disso, saber gramática também será uma vantagem. Ter esse conhecimento permitirá que o futuro servidor vá direto para as questões. Em resumo, saber como a prova é elaborada economizará muito tempo durante o exame.

Vantagens e desvantagens da prova de Inglês da Cesgranrio

Uma das vantagens do edital mais recente é que serão apenas cinco questões, todas com o mesmo valor. Roberto Witte lembra que, em outras ocasiões, a banca colocou questões de diferentes valores. Por exemplo, as questões de:

  • 21 a 25: 0,5 pontos
  • 36 a 30: 1 ponto
  • 31 a 35: 1,5 pontos

Nesses casos, muitas das vezes, valia mais a pena resolver duas questões de 1 ponto ou 1,5 do que as de meio ponto, ainda que as de menor pontuação fossem mais fáceis.

Por outro lado, uma desvantagem do Inglês para concurso do Banco do Brasil elaborado pela Cesgranrio são as alternativas longas das questões.

Segundo o professor, das cinco questões, pelo menos três você consegue responder sem conhecer o conteúdo do texto

Em parte, porque a banca tem o hábito de sinalizar no enunciado e nas alternativas em qual linha do texto de apoio está a informação que ali apresenta.

Inglês para concurso banco do brasil

Como fazer uma prova de Inglês

Para fazer a prova de Inglês para concurso do Banco do Brasil, o professor Roberto recomenda o seguinte passo a passo:

  1. Leia o título do texto (se possível, a data de publicação)
  2. Leia os enunciados
  3. Vá ao texto baseando-se nos enunciados das questões

Via de regra, a banca organizadora pega os textos de revistas e jornais para elaborar as questões três meses antes da publicação do edital. Nesse contexto, ele a considera uma prova de Atualidades, só que em Inglês.

Levando em conta os cargos, os textos podem ter assuntos como Segurança da Informação ou até mesmo da parte comercial. Em suma, são textos que tratam da realidade. Estar por dentro desses assuntos já fará com o que o candidato fuja de alternativas que tragam informações falsas.

Por onde começar a prova de Inglês

Geralmente, o enunciado da primeira questão começa com “according to the text” ou “to the author” (de acordo com o texto ou para o autor, em tradução), assim como a segunda e última questões, para dar a impressão que você precisa ler o texto para responder. Não caia nessa armadilha!

As provas são feitas justamente para não dar tempo de fazer todas as questões. O que o examinador quer saber do candidato é se ele conhece a disciplina e tem raciocínio rápido.

Apesar de as provas da Cesgranrio mostrarem em qual linha está a palavra, expressão ou sentença, quem já tem conhecimentos de vocabulário, não precisa consultar o texto para responder.

Caso contrário, ela mostra onde você encontra a informação para concluir.

Por outro lado, retornar ao texto não significa ler apenas aquela linha específica, mas as duas anteriores para se ter um contexto da situação.

Quando você pensa que são cinco alternativas, é bastante coisa. Ainda existe a possibilidade de perder tempo, se cansar e não entender o texto.

Por isso, saber o significado das palavras ou até mesmo das frases ajudará na hora da prova. Em muitas das vezes, nesses casos, será possível responder sem ao menos consultar o texto.

Outra dica importante do professor Roberto Witte é que, quando tem duas afirmativas com ideias opostas, em 100% dos casos, uma das delas é a correta

Mitos sobre falsos cognatos

É comum ouvir que falsos cognatos — as palavras que geralmente são o que parecem — são grandes armadilhas nas provas de Inglês. No entanto, segundo Roberto Witte, quando eles aparecem, não costumam ser a resposta certa para a questão.

Por exemplo, em uma prova do Banco Central, duas das alternativas continham as palavras eventually, que significa finalmente, e actually, que é na verdade, ambas falsos cognatos. Nenhuma delas era a alternativa certa.

Justamente por isso é importante conhecer o conteúdo bem. Quando aparecem, os falsos cognatos estão ali para enganar o futuro servidor.

> Estude com o curso para o concurso Banco do Brasil da Folha Cursos

Análise das provas de Inglês para concurso do Banco do Brasil

Por fim, Roberto Witte listou as vantagens e desvantagens da prova de Inglês do concurso do Banco do Brasil. As vantagens são:

  • Mostra o local do texto que devemos checar para responder a questão
  • Algumas questões podem ser respondidas sem lermos o texto

Já as desvantagens estão em exigir:

  • Leituras longas e cansativas
  • Conhecimento de gramática
  • Conhecimento de muito vocabulário
  • Rapidez na hora de ler

Em suma, o professor aconselha dar uma geral em cima das questões, para saber se tem alguma que exige apenas o conhecimento de um determinado ponto.

Além disso, começar sempre pelas mais fáceis e deixar as de interpretação que exigem a leitura do texto por último.

Você está se preparando para a prova de Inglês do concurso do Banco do Brasil? Acompanhe o Blog da Folha Dirigida para dicas para outras disciplinas e concursos!

Folha Cursos Banco do Brasil - Agente Comercial

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Carlos Davimar disse:

    quero aprender mais um pouco de inglês par passar no concurso do Banco do Brasil , eu não sei nada de língua inglesa por favor me ajuda com dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *