fbpx

Guia de concursos para policial: conheça a área

Você já pensou em atuar na área de Segurança Pública? Existem diversas carreiras, mas o destaque é nos concursos para policial.

As vagas podem ser para o estado ou União, com salários que podem ultrapassar os R$10 mil por mês.

Outra particularidade dos concursos dessa área é que, além da prova objetiva, costuma ser comum o teste de aptidão física – conhecido como TAF -, teste psicotécnico, entre outras etapas.

Uma seleção para delegados, por exemplo, costuma ter diversas etapas, enquanto as de agente possuem menos.

Confira no guia completo com requisitos, cargos, carreiras e concursos para as Polícias do Brasil.

→ Veja também: editais previstos na área de Segurança Pública em 2021

Polícia Militar

A Polícia Militar (PM) é a corporação de segurança que atua na esfera estadual. A função da Polícia Militar é garantir exclusivamente o patrulhamento ostensivo, ou seja, de intervenção direta.

A corporação tem a finalidade de proteger o cidadão, sociedade e os bens públicos e privados.

Organização dos cargos da PM:

A organização da Polícia Militar é feita por meio de hierarquia, seguindo os moldes militares. São duas classes: oficiais e praças, classificados por postos e por graduações.

  • Oficiais Superiores: Coronel, Tenente Coronel e Major
  • Oficial Intermediário: Capitão
  • Oficiais Subalternos: Primeiro Tenente e Segundo Tenente
  • Praça Especial: Aspirante-a-oficial, Aluno-oficial ou Cadete (de 4º a 1º ano)
  • Praça Graduado: Subtenente, Primeiro Sargento, Segundo Sargento e Terceiro Sargento
  • Praças: Cabo, Soldado 1ª Classe, Soldado 2ª Classe e Soldado PM Temporário.

Para ingressar na PM, cada estado costuma ter suas próprias exigências, de acordo com a legislação local.

Entre essas exigências estão ter a altura mínima; pelo menos 18 anos e limite máximo; possuir carteira de habilitação; passar em todas as etapas; entre outros requisitos.

Etapas do concurso:

De forma geral, os concursos destinados à Polícia Militar seguem as seguintes etapas:

  • Prova escrita
  • Exames de aptidão física
  • Exames de saúde e psicológicos
  • Avaliação de conduta social
  • Análise de documentos e de títulos

Além dessas etapas, também ocorre o Curso de Formação. Portanto, sempre verifique o edital do estado da Polícia Militar de seu interesse.

Confira os status dos principais concursos das PMs

Polícia Militar

Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) exerce funções de polícia judiciária, de cunho mais investigativo, nos estados. Sua principal função é prevenir, repreender e investigar crimes.

Nesse caso, todas as corporações são subordinadas ao respectivo Governo do Estado (ou do Distrito Federal) onde trabalha.

Organização dos cargos da PC:

Polícias Civis contemplam, em geral, cargos de delegado, agente, escrivão, perito e investigador, entre outros, variando de polícia e legislação de cada estado.

Os modelos de concurso são parecidos, contemplando duas etapas, mas você deve verificar o processo no edital de acordo com o seu cargo de interesse.

Etapas do concurso:

  • 1ª etapa: provas de conhecimentos, exame psicotécnico, exame médico e prova de capacidade física.
  • 2ª etapa: curso de formação profissional, com apuração de frequência, aproveitamento e conceito.

Os cargos podem contemplar todos os níveis de escolaridade, e não apenas o superior completo.

Cada estado tem suas particularidades. Confira a relação com informações sobre os cargos das Polícias Civis dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Distrito Federal, Bahia, Ceará, Alagoas, Pará e Amazonas.

→ Confira o status dos concursos para a Polícia Civil!

Polícia Civil do Rio de Janeiro

A PCERJ ou PC-RJ possui três principais grupos no seu quadro funcional.

I – Autoridades Policiais: Delegado de Polícia

II – Agentes de Polícia Estadual de Apoio Técnico Científico: Perito Legista, Perito Criminal, Engenheiro Policial de Telecomunicações, Papiloscopista Policial, Técnico Policial de Necropsia, Auxiliar Policial de Necropsia.

III – Agentes de Polícia Estadual de Investigação e Prevenção Criminais: Comissário de Polícia, Inspetor de Polícia, Oficial de Cartório, Investigador Policial, Piloto Policial.

Folha Cursos - Investigador PC RJ

Concurso PC-RJ:

Confira as informações com os requisitos e os últimos vencimentos anunciados para cada um dos cargos acima:

– Delegado

Requisito: Diploma de Bacharel em Direito.

Salário inicial: R$18.747,95

– Perito Legista

Requisito: Diploma de médico, odontólogo, farmacêutico ou bioquímico.

Salário inicial: R$10.149,95

– Perito Criminal

Requisito: Diploma de curso superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química, Economia, Ciências Contábeis ou Agronomia.

Salário inicial: R$10.149,95

– Técnico de Necropsia

Requisito: Diploma de ensino médio.

Salário inicial: R$5.277,59

– Auxiliar de Necropsia

Requisito: Certificado de conclusão do ensino fundamental, ou equivalente, devidamente registrado

Salário inicial: R$4.506,27

– Inspetor de Polícia

Requisito: Diploma de curso superior devidamente registrado

Salário inicial: R$6.280,31

– Investigador Policial

Requisito: Em definição* Nível médio, após decisão do TJ-RJ

Salário inicial: R$5.740,38

Além destes citados, a PC-RJ também conta com os cargos de Engenheiro de Telecomunicações, Piloto Policial, Oficial de Cartório e Papiloscopista.

→ Confira as últimas notícias sobre o concurso da PC-RJ

Polícia Civil

Confira abaixo o quadro funcional da Polícia Civil nos demais estados do Brasil:

Polícia Civil de São Paulo

Para os interessados em ingressar na PC-SP, o quadro funcional é dividido em:

– Delegado de polícia

Requisito: Nível superior em Direito e experiência de dois anos

Salário inicial: R$10.382,48

– Médico legista

Requisito: Nível superior em Medicina e CNH B ou superior

Salário inicial: R$8.699,94

– Escrivão de polícia

Requisito: Nível superior em qualquer área e CNH B ou superior

Salário inicial: R$3.931,18

– Investigador de polícia

Requisito: Nível superior em qualquer área e CNH B ou superior

Salário inicial: R$3.931,18

Além destes em destaque, a PC-SP também conta com os cargos de Datiloscopista Policial, Atendente de Necrotério, Papiloscopista Policial, Desenhista Técnico-Pericial, Auxiliar de Necropsia, Agente de Telecomunicações Policial, Fotógrafo Técnico-Pericial, Agente Policial e Perito Criminal.

Polícia Civil de Minas Gerais

A PC-MG conta com os cargos de:

– Delegado

Requisito: Nível superior completo em Direito

Salário inicial: R$11.475,57

– Escrivão

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$4.098,39

– Investigador

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$3.688,58

– Médicos legistas

Requisito: Diploma de médico

Salário inicial: R$8.874,60

– Peritos criminais

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$8.874,60

Além destes  destacados, a PC-MG conta também com os cargos de analista na área administrativa, que exige graduação e tem ganhos de R$2.782,16, e técnico, que pode exigir o nível médio completo ou curso técnico em áreas como Enfermagem, Radiologia e outras. O ganho inicial é de R$1.530,18.

Polícia Civil do Distrito Federal

A PC-DF possui os cargos de:

– Peritos criminais

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$16.830,85

– Perito Médico-Legista

Requisito: Diploma de ensino superior em Medicina

Salário inicial: R$16.830,85

– Papiloscopista

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$8.698,78

– Escrivão

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$8.698,78

– Agente de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$8.698,78

Além destes, a PC-DF também conta com os cargos de Delegado de Polícia e Agente Policial de Custódia.

Polícia Civil do Paraná

A PC-PR possui em sua estrutura os cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito e carteira de habilitação na categoria B ou superior

Salário inicial: R$18.280,05

– Investigador de polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e carteira de habilitação na categoria B ou superior

Salário inicial: R$5.588,05

– Papiloscopista de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e carteira de habilitação na categoria B ou superior

Salário inicial: R$5.867,45

A corporação tem ainda em seu quadro os cargos de Escrivão de Polícia e Agente de Polícia.

Polícia Civil da Bahia

A PC-BA possui os cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito

Salário inicial: R$11.389,96

– Investigador de polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e carteira de habilitação na categoria B

Salário inicial: R$3.915,85

– Escrivão de polícia

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$3.915,85

Polícia Civil do Ceará

A PC-CE possui os cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito

Salário inicial: R$14.592,39

– Inspetor de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$1.365,58

– Escrivão

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$3.844,85

A corporação também tem em seu quadro o cargo de Operador de Telecomunicações Policiais.

Polícia Civil de Alagoas

A estrutura da PC-AL conta com os cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito

Salário inicial: R$12.593,22

– Agente de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e CNH

Salário inicial: R$3.800

A corporação também tem em seu quadro o cargo de Escrivão de Polícia.

Polícia Civil do Pará

A PC-PA tem os cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito

Salário inicial: R$18.050

– Investigador de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e CNH na categoria B

Salário inicial: R$6.893,57

– Escrivão de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: R$6.893,57

– Papiloscopista

Requisito: Diploma de ensino superior

Salário inicial: 6.893,57

Polícia Civil do Amazonas

A PC-AM é composta pelos cargos de:

– Delegado

Requisito: Diploma de ensino superior em Direito, três anos de experiência na área jurídica ou policial e CNH na categoria B

Salário inicial: R$14.703,18

– Escrivão de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e CNH na categoria B

Salário inicial: R$7.205,10

– Investigador de Polícia

Requisito: Diploma de ensino superior e CNH na categoria B

Salário inicial: R$7.205,10

Também compõem a corporação os cargos de Perito Criminal, Perito Legista e Perito Odontolegista.

Conheça a banca dos concursos PM PR, Bombeiros PR e PC PR

O que é o CORE – Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais?

Você já ouviu falar no Core? A Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) é uma unidade especial da Polícia Civil, ligada diretamente ao gabinete do Delegado-Geral de Polícia.

Ela atua de acordo com as necessidades operacionais surgidas no curso das ações policiais e da segurança pública estadual, nos casos que exijam conhecimento tático especializado e preparo profissional dos seus integrantes.

Cada estado possui sua unidade especial do Core e, para ingressar, é preciso ser concursado como policial civil e realizar a inscrição junto à própria corporação.

plano smart

Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) é um órgão vinculado aos interesses da União, a nível nacional, e tem como objetivo a apuração de crimes e infrações penais cometidas contra a União e também suas empresas públicas.

Entre suas responsabilidades estão também a repressão ao tráfico de drogas em nível nacional, ao contrabando, entre outras atribuições.

Cargos e requisitos da corporação:

– Delegado de Polícia Federal

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharel em Direito e exige três anos de atividade jurídica ou policial, comprovados no ato da posse.

– Perito Criminal Federal

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior da área específica – são 19 áreas – ao cargo.

– Escrivão de Polícia Federal, Agente de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal

Requisito: diploma de conclusão de qualquer curso superior em nível de graduação.

Folha Cursos - Escrivão da PF

Etapas do concurso para Agente de Polícia Federal:

Atenção: As etapas e disciplinas do concurso variam de acordo com o cargo.

Prova objetiva: Disciplinas de Português, Noções de Informática, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Administração, Noções de Economia, Contabilidade, Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Legislação específica.

Prova discursiva: Seu grau de dificuldade varia de acordo com o cargo escolhido. É importante estar atento às atualidades e treinar bastante a escrita.

Teste de Aptidão Física (TAF): teste de barra fixa; impulsão horizontal; corrida de 12 minutos e natação.

Além destas etapas, o cargo de delegado exige uma prova oral e o de escrivão, uma prova de digitação.

Os interessados, independentemente do cargo, também passarão por uma avaliação médica, psicológica, social e pelo curso de formação profissional.

→ Saiba tudo sobre o concurso da Polícia Federal 

Polícia Federal

Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) é o órgão que atua nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União.

A PRF trabalha em parceria com outras instituições, como Ministério Público do Trabalho (MPT), Polícia Federal (PF), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Receita Federal, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), entre outras.

Cargos e classes

O cargo de Policial Rodoviário Federal divide-se em quatro classes:

I – Classe Especial: atividades de natureza policial e administrativa, envolvendo direção, planejamento, coordenação, supervisão, controle e avaliação administrativa e operacional, coordenação e direção das atividades de corregedoria, inteligência e ensino, além das atribuições da Primeira Classe;

II – Primeira Classe: atividades de natureza policial, envolvendo planejamento, coordenação, capacitação, controle e execução administrativa e operacional, além das atribuições da Segunda Classe;

III – Segunda Classe: atividades de natureza policial envolvendo a execução e controle administrativo e operacional das atividades inerentes ao cargo, além das atribuições da Terceira Classe;

IV – Terceira Classe: atividades de natureza policial envolvendo a fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Folha Cursos - PRF

Requisitos da corporação:

Para concorrer ao cargo de policial rodoviário federal, os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área e idade entre 18 e 65 anos. Podem concorrer homens e mulheres. A PRF exige ainda carteira de habilitação B ou superior.

A remuneração do policial rodoviário é de R$10.357,88 em 2019, valor que já inclui o auxílio-alimentação, atualmente de R$458.

Etapas do concurso:

No último edital, o concurso exigiu as seguintes etapas:

  • Prova objetiva; prova discursiva; exame de capacidade física, avaliação de saúde, psicológica, de títulos e Investigação social.

→ Confira detalhes dos concursos para a PRF

Polícia Rodoviária Federal

Polícia Legislativa Federal da Câmara

A Polícia Legislativa Federal da Câmara é também conhecida como Departamento de Polícia Legislativa (Depol).

A corporação é o órgão responsável pela preservação da ordem e do patrimônio da Câmara dos Deputados.

Além disso, também preza pela prevenção e apuração de infrações penais, nos edifícios e dependências externas da Câmara.

De acordo com o site da Câmara, a Depol também é responsável por efetuar a segurança do Presidente da Câmara dos Deputados em qualquer localidade do território nacional e no exterior.

Assim como a segurança dos Deputados Federais, servidores e quaisquer pessoas que eventualmente estiverem a serviço da Câmara dos Deputados, quando assim for determinado.

Cargos e requisitos da corporação:

A Polícia Legislativa Federal possui uma carreira única: agente de polícia legislativa. Dessa forma, sua variação é de acordo com os níveis de sua classe. São necessários 10 anos de serviço para chegar ao nível final da carreira.

Requisitos:

Para concorrer é necessário possuir certificado de conclusão de ensino médio ou equivalente emitido por instituição credenciada pelo órgão competente do respectivo sistema de ensino.

Também é preciso ter a Carteira Nacional de Habilitação, Categoria B, C ou D. A remuneração da Depol inicial é de R$15.754,04 e final: R$23.424,52.

Etapas do concurso:

O processo do agente de polícia legislativa acontece por meio de concurso público. As etapas são:

Primeira etapa: prova objetiva com as matérias de Língua Portuguesa, Legislação, Informática e Raciocínio Lógico.

Segunda etapa: prova objetiva de Conhecimentos Específicos.

Terceira etapa: prova discursiva de Dissertação.

Além dessas etapas, o processo seletivo também conta com um teste de aptidão física, avaliação psicológica, documental, médica, social, além do curso de formação.

Polícias Legislativas

Polícia Legislativa Federal do Senado

A Polícia Legislativa Federal do Senado é o órgão responsável pela preservação da ordem e do patrimônio do Congresso Nacional.

Sua função é semelhante ao compreendido pela Depol. Entre elas está a prevenção e apuração de infrações penais nos edifícios e dependências externas do Senado.

Esse cargo também é responsável por efetuar a segurança do presidente do Senado, Senadores, servidores e quaisquer pessoas que eventualmente estiverem a serviço do Congresso Nacional, quando determinado.

Cargos e requisitos da corporação:

A Polícia Legislativa Federal possui uma carreira única: agente de polícia legislativa. O cargo é descrito como técnico legislativo, nível II, padrão 21, na especialidade Policial Legislativo.

Dessa forma, sua variação é de acordo com os níveis de sua classe. São necessários 10 anos de serviço para chegar ao nível final da carreira.

Requisitos:

Para concorrer é necessário possuir certificado de conclusão de ensino médio. Também é preciso ter a Carteira Nacional de Habilitação, Categoria B, C ou D.

A remuneração inicial é de R$19.427,79 e final, R$ 23.260,89.

Etapas do concurso:

O processo é por meio de concurso público. Com base no edital de 2011, foram cinco etapas:

Primeira etapa: Prova Objetiva com as matérias de Língua Portuguesa (20 questões), Conhecimentos Gerais (10), Noções de Informática (10) e Conhecimentos Específicos (30).

Além de Redação (25 a 30 linhas) e Questão Discursiva (máximo 30 linhas).

Segunda etapa: Prova de Aptidão Física, Exame Médico e Avaliação Funcional.

A avaliação funcional e a prova de aptidão física de 2011 foram:

Percentual de Gordura:

Masculino: 4% (mínimo) a 25% (máximo)

Feminino: 13% (mínimo) a 31% (máximo)

Prova de aptidão física: flexão de braços, abdominal, barra e corrida.

Terceira etapa: Avaliação Psicológica

Quarta etapa: Investigação Social Documental

Quinta etapa: Curso de Formação, de caráter eliminatório

→ Concurso da Polícia Legislativa Federal do Senado

*colaborou Audryn Karolyne

Folha Cursos - Carreiras Policiais Federais

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Folha Dirigida disse:

    Olá, Mário. Tudo bem? Obrigado pelo alerta. Vamos retificar no texto. Abraços, Blog FD!

  2. Mário Salles do Amaral disse:

    Praça Graduado: Subtenente, Primeiro Tenente, Segundo Tenente, Terceiro Tenente
    Por favor, retifiquem isto na parte da Polícia Militar, pois faltou conferência.
    Grato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *