fbpx

9 dicas de como estudar Inglês para concursos

Você sabe como estudar Inglês para concursos? Essa é uma pergunta muito comum entre os estudantes, afinal, a disciplina nem sempre é cobrada e está longe de ser uma das mais presentes nas provas.

Mas, alguns concursos como o de escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal, surpreenderam com a disciplina em seu conteúdo programático.

Diante desse panorama, muitas dúvidas começaram a surgir:

Será que a Língua Inglesa será requisito obrigatório para os concursos?

Qual é a melhor forma de se preparar, se esse for o caso?

Para esclarecer algumas dessas questões, o Blog da Folha Dirigida entrevistou o professor de Inglês do Gran Cursos Online, Alexandre Hartmann, que separou 6 dicas para estudar Inglês para concursos.

Também conversamos com o professor Roberto Witte, do curso Estratégia, sobre como criar o hábito de estudar inglês.

Estudar inglês para concurso

O Inglês é um desafio entre os estudantes, pois não é uma disciplina comum em concursos públicos (Foto: Unsplash)

1. Quais concursos possuem prova de Inglês? 

Segundo o professor, até pouco tempo atrás a Língua Inglesa aparecia mais como avaliação em concursos das carreiras militares.

Entretanto, ele reforça que isso tem mudado. É possível perceber, atualmente, uma tendência de provas de Inglês em concursos como Polícias, Bombeiros, Oficiais, entre outros.

Nesses casos, o Inglês normalmente é esperado para concursos de cargos de carreira fim. Principalmente aqueles que envolvem o uso da língua.

Por exemplo:

  • Carreiras fiscais
  • Legislativo
  • Agências reguladoras, como Anac

Isso acontece pela necessidade desses órgãos de ter servidores que saibam ler textos em inglês e compreendam normas internacionais.

Portanto, pesquise e confira sempre o histórico e as atividades desempenhadas pelo seu cargo de interesse. Isso poderá ajudar você a identificar essa possibilidade de ter a Língua Inglesa exigida na prova.

2. O que estudar para concursos que cobram Inglês?

Para entender o conteúdo das provas de Inglês dos concursos, Alexandre Hartmann afirma que o caminho é um só: fazer provas antigas.

Os alunos têm que resolver provas anteriores. várias vezes, para que possam internalizar aquelas palavras que são cobradas em prova, explica Alexandre.

Dicionários ou livros de Gramática podem servir de material de apoio para o estudante, mas o método indispensável nesse caso é conhecer e compreender o que a banca em questão exige do candidato.

3. Há diferença entre prova de Inglês para vestibular e para concursos?

Essa diferença existe? A resposta para essa questão é: depende.

Segundo Hartmann, se analisarmos vestibulares como os da FGV ou UNB, há uma semelhança no nível de cobrança com concursos públicos.

Em alguns vestibulares destas instituições, inclusive, a prova de Inglês chega a ser até mais difícil e trabalhosa do que vários concursos públicos.

Concursos para Anac ou Legislativo também podem oferecer um grau maior de dificuldade. No final das contas, isso irá variar muito do cargo utilizado para comparação.

4. Como Inglês é cobrado em concursos? 

O material de apoio do candidato para a prova é o texto fornecido pela banca. E o professor explica que precisa ser claro e objetivo.

Portanto, todas as características de uma redação bem elaborada precisam transparecer nos textos que o concurso colocar para o candidato na matéria de Inglês.

Dessa forma, a Gramática estará em todo lugar. O professor também reforça que as bancas não têm o hábito de cobrar sintaxe e sim morfologia e semântica.

Sintaxe é o estudo das regras que regem a construção de frases nas línguas naturais.

Portanto, o indispensável na prova de Inglês é entender o sentido das palavras. Isso é mais importante até do que a própria morfologia, que é pouco cobrada.

A dica do professor é cuidado extra em relação à interpretação e compreensão.

5. Como compreender a banca do seu concurso de interesse?

Para explicar esse ponto, o professor cita o Cebraspe como exemplo. Nas provas de Língua Inglesa dessa banca, é comum encontrar questões que são apenas de vocabulário, e outras que envolvem gramática, preposições e conjunções.

Pode ocorrer também de uma banca cobrar questões de paráfrase ou reescritura, de interpretação ou até de dedução lógica textual.

Questões de pressuposição e de subentendimento, que são bem subjetivas, também já estiveram presentes em provas de Inglês, porém em menos oportunidades.

Dessa forma o destaque está para questões no seguinte estilo:

  • Vocabulário
  • Gramática, preposições, conjunções e pronomes
  • Paráfrase ou reescritura
  • Interpretação

6. O que fazer em dois ou três meses até a prova?

De uma forma ou outra, muitas pessoas já tiveram contato com Inglês. A questão é se foi bem assimilado ou não.

Hoje em dia, o Inglês está presente nas músicas que escutamos, séries e filmes que assistimos. Por isso, o que fazer se você tem dois ou três meses de preparação para a prova?

Pegue as provas anteriores. Avalie a dificuldade de cada uma e verifique como está sua compreensão de todo aquele conteúdo.

Alexandre Hartmann explica que precisamos elaborar estratégias para aplicar na hora da prova. É muito válido imprimir a prova do site e treinar como simulado.

Pratique bastante e veja como a banca organizadora do seu concurso cobra a disciplina de Inglês!

Caso você não tenha nenhum conhecimento da língua, o professor recomenda estudar com um dicionário ao lado e muita dedicação.

Aprender inglês apps

7. Como criar o hábito de estudar inglês?

O professor Roberto Witte do Estratégia afirma: “hábito é uma algo que se cria, não cai do céu”.

Por isso, ele aconselha determinar uma meta possível de ser concluída. Não adianta se programar para ler 15 páginas por exemplo, se você sabe que só consegue dar conta de duas.

Anotar a sua meta também pode ajudar!

8. Como se disciplinar para estudar?

Para Roberto Witte, é fundamental você se comprometer com você mesmo a cumprir a sua meta.

Uma dica que ele dá é combinar de estudar com um amigo o mesmo conteúdo, mas em locais separados, para evitar distrações.

Assim, pode ser que você se sinta mais empenhado em terminar o que começou.

9. Existem dicas práticas do que fazer para manter essa rotina?

Algumas dicas que o professor Roberto dá são:

  • Dormir bem
  • Revisar o que você estudou cinco minutos antes de dormir
  • Na manhã seguinte, ler o conteúdo revisar

Segundo o professor de inglês, esses hábitos farão com que você fixe melhor o conteúdo.

“Você vai perceber que vai se lembrar de muita coisa e que vai consolidar algumas que você não lembrava”, afirma.

Ele recomenda que você pratique os hábitos entre dois e três dias antes de passar para outro assunto.

Por fim, ele crê que criar o hábito de estudar não só inglês, como também outras matérias, é uma questão de:

  1. Querer
  2. Acreditar
  3. Planejar adequadamente
  4. Seguir o planejamento

Ferramentas para estudar inglês

Para ajudar você a se preparar para as provas de Inglês de concursos públicos, selecionamos algumas ferramentas para estudar a língua.

Quais são os aplicativos para praticar o Inglês?

  • Aplicativo Duolingo

Você já ouviu falar do Duolingo? O aplicativo está disponível para todas as plataformas de celular e ensina Inglês, além de outras línguas como Espanhol, Alemão e Francês.

Basta você escolher a sua língua e iniciar o curso. O aplicativo permite começar a partir do zero ou fazer um teste para um conteúdo mais aprofundado.

  • Curso Kultivi

A Kultivi é um projeto brasileiro que produz conteúdo educacional gratuito com rigoroso controle de qualidade. Você tem acesso a diversos cursos na plataforma e ainda pode colaborar.

No curso de Inglês você encontrará um pontapé inicial com videoaulas, questões de fixação e certificado gratuito.

  • Netflix

Sim, você pode aprender inglês usando a plataforma de streaming Netflix! Basta você colocar um filme ou série de seu interesse e apenas habilitar a legenda e o áudio em inglês.

Assista normalmente e, a cada palavra nova que aparecer que você não entender, salve num bloco de notas e traduza.

O objetivo é expandir o seu vocabulário e aumentar sua capacidade de compreender a fala!

Você pode usar outras plataformas para assistir também, como YouTube, Amazon Prime e HBO GO.

  • Speaky

Se você já tem um bom vocabulário e gramática, aqui é o lugar. Utilize o Speaky, aplicativo que permite que você converse com pessoas de outros lugares para praticar a língua de interesse.

Canais no Youtube para aprender e estudar Inglês

Inglês para PC-DF Escrivão

A novidade no edital da Polícia Civil do Distrito Federal para escrivão é a presença de Língua Inglesa entre os conteúdos de Conhecimentos Básicos e a ausência de Direito Administrativo e Estatística, com relação ao programa do edital anterior.

A prova objetiva será composta por 120 questões, no estilo certo ou errado, característica do Cebraspe. As disciplinas são:

Conhecimentos Básicos – 50 questões

  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Conhecimentos sobre o Distrito Federal
  • Atualidades (somente para a Prova Discursiva)

Conhecimentos específicos – 70 questões

  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Direito Processual Penal
  • Noções de Direitos Humanos
  • Informática
  • Matemática e Raciocínio Lógico

No edital, a parte de Língua Inglesa está da seguinte forma:

  1. Compreensão de textos escritos em língua inglesa e itens gramaticais relevantes para o entendimento dos sentidos dos textos.

Mande as suas dúvidas aqui nos comentários e bons estudos!

*colaborou Audryn Karolyne

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *