fbpx

PF ou PRF: é possível conciliar estudos para os dois concursos?

Compartilhe o conteúdo

Para você que deseja ingressar em uma carreira Policial, os concursos da PF e PRF podem ser uma boa oportunidade.

Enquanto a Polícia Federal acabou de ter o anúncio de autorização para 2 mil vagas na área Policial pelo presidente Jair Bolsonaro, a PRF parece ir pelo mesmo caminho, com um projeto básico já pronto.

Isso porque o presidente também adiantou que a corporação, que enviou um pedido de 2.634 vagas para o Ministério da Economia para o cargo de policial rodoviário federal, deve ter novidades quanto a sua abertura em breve.

E as notícias envolvendo os editais dos dois concursos não param. Dessa vez, o deputado federal Eduardo Bolsonaro compartilhou via redes sociais que a intenção é publicar os documentos com as regras ainda este ano.

O parlamentar e filho do presidente Jair Bolsonaro ainda confirma a oferta de 4 mil vagas, sendo 2 mil para cada corporação

Você pode estar se perguntando se vale a pena estudar para os dois concursos, ainda que não tenham saído os editais, certo?

Caso queira escolher apenas um, saiba que o critério de qual vai ser mais fácil não poderá ser utilizado.

Segundo Érico Palazzo, professor e coordenador de Carreiras Policiais do Gran Cursos Online, os dois concursos possuem o mesmo nível de dificuldade.

Além disso, pelo fato das seleções acontecerem em âmbito nacional, a concorrência também é grande.

Antes de compartilhar com você se é possível estudar para a PF e PRF ao mesmo tempo, é importante saber quais foram os últimos concursos para os cargos aqui analisados: agente de polícia da PF e policial rodoviário federal da PRF.

O que você encontrará nesse post:

  1. Último concurso para agente de polícia da PF
  2. Último concurso para policial rodoviário da PRF
  3. Quem ganha mais, PF ou PRF?
  4. PF e PRF: será que dá para conciliar os estudos?
  5. Matérias em comum entre PF e PR
  6. PF e PRF: diferenças nas provas de agente da PF e policial rodoviário?
  7. O que priorizar na hora de estudar para PF e PRF?
  8. Plano de estudos PF e PRF
Concurso PF e PRF

Enquanto a PRF enviou um pedido de 2.634 vagas para o Ministério da Economia recentemente, a PF permanece na expectativa da autorização de um pedido feito em 2019

Último concurso para agente de polícia da PF

O último concurso para o cargo de agente de polícia federal da PF aconteceu no ano de 2018. Na ocasião, foram ofertadas 180 vagas para o cargo.

Vale ressaltar que, na época, além do cargo de agente, o concurso teve vagas para escrivão, delegado, perito e papiloscopista também. Somando todos os cargos, foram 500 vagas no total.

Mas, por aqui, vamos aos detalhes sobre o cargo de agente de polícia.

Requisitos: nível superior em qualquer área + CNH

Salário e benefícios: R$12.441,26 (o agente da PF tem direito, ainda, a plano de saúde, auxílio-alimentação de R$ 480,00 e assistência pré-escolar de até R$ 321,00)

Etapas:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Exame de aptidão física
  • Avaliação médica
  • Avaliação psicológica
  • Investigação social
  • Curso de formação

Atribuições:

Investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações.

Executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica.

Além de desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Disciplinas cobradas na última prova objetiva:

Na última prova, foram cobradas 120 questões das seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Estatística
  • Raciocínio Lógico
  • Informática
  • Contabilidade Geral

Último concurso para policial rodoviário da PRF

O último concurso para o cargo de policial rodoviário federal da PRF também aconteceu no ano de 2018. Nesse caso, foram 500 vagas distribuídas por todo o país.

Requisitos: nível superior em qualquer área + CNH; idade de 18 a 65 anos

Salário e benefícios: R$10.357,88 (já somado com o valor do auxílio-alimentação de R$458. Quem possui filho tem direito, ainda, a auxílio-creche de R$ 321)

Etapas:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Exame de aptidão física
  • Avaliação médica
  • Avaliação psicológica
  • Análise de títulos
  • Investigação social
  • Curso de formação

Atribuições:

Realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

Disciplinas cobradas na última prova objetiva:

Na última prova, foram cobradas 120 questões das seguintes disciplinas:

  • Português
  • Raciocínio Lógico-Matemático
  • Informática
  • Noções de Física
  • Ética no Serviço Público
  • Geopolítica Brasileira
  • História da PRF
  • Legislação de Trânsito
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal e de Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Direitos Humanos e Cidadania

Quem ganha mais, PF ou PRF?

Para falar sobre quem ganha mais, é preciso entender os planos de carreira.

No caso do policial rodoviário federal, o servidor é nomeado padrão I da terceira classe e, de acordo com o desempenho das atribuições, é promovidos e progride até alcançar o padrão III da classe especial. Em 2019, a remuneração podia chegar até R$ 16.552,34.

A classe I tem três padrões, as classes II  e III tem seis cada uma e a especial, três. Os ganhos aumentam conforme o servidor sobem por padrão nas classes.

Já no caso da PF, para os cargos de agente, escrivão e papiloscopista, os ganhos previstos para a classe especial são de R$ 18.651,79. Aqui não acontece a divisão em padrões, sendo apenas três classes e a especial.

🔒 [Exclusivo assinantes FD]: Concurso PRF concorrência: veja histórico da relação candidato vaga

PF e PRF: será que dá para conciliar os estudos?

O professor Érico Palazzo explica que as provas para os cargos de agente da Polícia Federal e de policial rodoviário federal têm disciplinas em comum e os tópicos dos conteúdos são parecidos.

Importante lembrar que a referência para estudar para um concurso é o último edital. Em ambos os casos, os editais são de 2018.

Matérias em comum entre PF e PRF

A comparação foi com base nos editais de 2018, para agente da Polícia Federal e policial rodoviário federal:

  • Informática
  • Legislação Específica
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal

Existem algumas particularidades nas provas, como é o caso da disciplina de Informática que, de acordo com Palazzo, tem uma cobrança maior no concurso da PF em comparação ao da PRF.

Apesar disso, o professor afirma que, a partir de um levantamento nos dois exames, chegou a uma correspondência de 50% das disciplinas e tópicos cobrados.

Então, sim! É possível estudar ao mesmo tempo para esses dois concursos.

Apenas o concurso da PF teve autorização anunciada. Mas, com a autorização e posterior divulgação do edital, as provas precisam acontecer em até quatro meses a partir da publicação.

Supondo que os editais sejam publicados no início de 2021 (mas, para isso, precisa da autorização no Diário Oficial antes), as provas aconteceriam em, aproximadamente, cerca de um ano. Mas, vale lembrar que não há nenhuma certeza ainda.

O professor explica que essa é uma expectativa realista. A dica é, caso você deseje fazer os dois concursos, use os cinco ou seis próximos meses para estudar as disciplinas em comum entre PF e PRF.

Confira nossa série de conteúdo: Especial PRF

PF e PRF: diferenças nas provas de agente da PF e policial rodoviário?

Entre a diferença entre PF e PRF, há a cobrança de Estatística na Polícia Federal. A última prova da PF teve, ao todo, 120 questões e, destas, 10 foram sobre Estatística.

Um outro ponto é sobre a disciplina de Informática que, para o concurso PF, exige um aprofundamento maior. É preciso dar uma atenção especial, pois o último exame teve 36 questões – quase 1/3 da prova.

Apesar de ter algumas semelhanças no conteúdo programático do concurso PRF, a prova de Informática da PF também cobra questões de assuntos mais voltados para Tecnologia da Informação e Programação.

A PF também possui a disciplina de Contabilidade, que esteve presente em 24 das 120 questões, em 2018.

Já para a Polícia Rodoviária Federal, há específicas de Física (com seis questões na última prova), Ética no Serviço Público (quatro questões), Geopolítica Brasileiro (quatro), História da PRF (duas) e Direitos Humanos e Cidadania (duas).

A grande diferença está na disciplina de Legislação de Trânsito, que abrangeu 40 questões na última prova da PRF.

Disciplinas PF e PRF

O que priorizar na hora de estudar para PF e PRF?

Palazzo explica que não se pode menosprezar nenhuma disciplina. Como exemplo, o professor conta que teve um aluno seu que fez a última prova da PRF e não teve a redação corrigida por conta de uma única questão.

Para este concurso, os candidatos fazem no mesmo dia as provas objetiva e discursiva. No entanto, a banca só realiza a correção do exame discursivo de um certo número de classificados na objetiva.

Acontece que esse aluno decidiu não estudar Física, porque só cairiam cinco questões. Durante a prova, ele deixou todos os itens da disciplina em branco.

Se ele tivesse acertado uma única questão de Física, teria sido classificado na prova objetiva.

Eu não aconselho menosprezar de maneira alguma, mas, sem dúvida, o aluno tem que levar em consideração o que há de mais relevante em cada uma dessas provas, afirma Palazzo.

→  Teste seus conhecimentos: simulado para o concurso PRF

Destaques na prova da PF

Para a Polícia Federal, as disciplinas mais importantes, segundo o professor, são:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Contabilidade
  • Estatística
  • Informática

Juntas, essas cincos disciplinas representaram mais de 100 pontos da última prova.

Destaques na prova da PRF

Enquanto para a Polícia Rodoviária Federal, as disciplinas mais relevantes são:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Legislação de Trânsito

Essas três disciplinas estiveram presentes em mais de 60% do último exame.

Disciplinas para ter atenção extra

Plano de estudos PF e PRF

O professor Palazzo aconselha ter uma rotina de estudos que englobe os dois concursos ao mesmo tempo, no caso de quem vai participar das duas seleções.

Ele reforça a dica de começar os estudos pelas disciplinas em comum e depois focar nas específicas.

Na hora de montar um cronograma de estudos, o aconselhável, segundo Palazzo, é de quatro a seis horas de estudo por dia. No entanto, vai depender da disponibilidade de cada pessoa.

No Smart Planner, os futuros servidores encontram também o plano de estudos para PRF e PF, no cargo de agente.

Na ferramenta é possível optar por um cargo e o sistema organiza os estudos, indicando diariamente qual conteúdo deve ser estudado.

Smart Planner Folha Dirigida

Respeite seus limites

Se você começar a estudar agora, é preciso entender que é um projeto de longo prazo. Então, você não precisa estudar 12 horas por dia. Isso vai te esgotar e é preciso respeitar os seus limites.

Descanse, faça intervalos durante o seu estudo para ir ao banheiro, beba água, descanse a mente, aconselha o professor.

Érico Palazzo faz uma analogia dos estudos para estes dois concursos com uma maratona. Você não pode gastar todo o seu gás no início da corrida para ficar cansado logo em seguida.

Portanto, a dica é manter a constância nos próximos meses.

Além disso, é muito importante fazer questões. Palazzo sugere que os futuros servidores façam questões em todas as sessões de estudo. A sugestão é pegar as últimas provas e refazer em formato de simulado.

Quer começar a estudar curso online PF e PRF? Com a assinatura ilimitada do Gran Cursos Online você consegue!


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Jussara disse:

    Parabéns…super esclarecedor este conteúdo!! E da forma que os concurseiros precisam ser auxiliados nesse momento de inúmeras dúvidas. Através dessa matéria pude escolher o concurso que irei fazer, ou seja, meus questionamentos foram sanados a partir dela.
    Muito obrigada!
    Um fraterno abraço.

  2. Folha Dirigida disse:

    Olá, Ingridi. Tudo bem? Que bom que gostou do conteúdo! Ficamos muitos felizes 😍😍😍 Caso tenha alguma sugestão do seu interesse, pode entrar em contato conosco também! Abraços, Blog Folha Dirigida!

  3. INGRIDI DOMINGOS disse:

    QUE MATÉRIA PERFEITA !!
    PARABÉNS A CADA UM QUE SE EMPENHOU EM TRAZER UM CONTEÚDO TÃO RELEVANTE E ESCLARECEDOR .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *