fbpx

11 passos para começar a estudar para concurso do zero

Assim que decidem se tornar servidores públicos, a primeira dúvida que surge para as pessoas é como começar a estudar para concurso do zero.

Se este é o seu problema, não se preocupe! Neste post, explicaremos como dar os seus primeiros passos nos estudos para concurso. Confira as dicas do diretor acadêmico da Folha Dirigida, Douglas Schneider!

começar a estudar para concurso do zero

Não sabe como começar a estudar para concurso do zero? Confira esses 11 passos para dar início a sua preparação. (Foto: Unsplash)

1# Primeiros passos

Mas então, como começar a estudar para concurso do zero?

O professor Douglas divide os seus primeiros passos em três:

  • Entender um pouco mais sobre o que é um concurso público.
  • Compreender o que faz um servidor público. Caso já tenha uma carreira em mente, qual será a sua função depois de aprovado.
  • Saber que os estudos para concurso possuem um dialeto próprio

Termos como edital, conteúdo, etapas do concurso, fases do concurso, prova objetiva, prova discursiva, conhecimentos básicos, conhecimentos específicos, múltipla escolha, etc. farão parte do seu dia a dia.

Com o tempo, vá criando familiaridade com eles. Para te ajudar, já fizemos um post aqui no Blog da Folha Dirigida que explica alguns desses principais termos.

2# Por que escolher uma área para estudar?

Por que a escolha de uma área é tão importante na hora de começar a estudar para concurso do zero, você pode estar se perguntando.

Em resumo, os concursos de cada área têm disciplinas em comum cobradas em várias provas. Se você estudar essas matérias com afinco e, por consequência, criar uma boa base, você poderá aproveitar esse conhecimento para outros concursos, em vez de ter oportunidades em apenas um concurso ou carreira.

Para tomar essa decisão, é muito importante fazer uma pesquisa sobre as principais áreas de concurso.

3# O que devo estudar?

Mesmo antes de escolher a área, você já pode iniciar seus estudos. Isso porque várias matérias são cobradas em quase todas as provas. As mais comuns são:

“Se você fortalecer essa base, conhecimentos básicos não serão um problema para você”, resume Douglas Schneider. Além disso, você criará novas oportunidades em diversas outras áreas. Mas fique atento: foque sua preparação em uma única área.

Já decidiu estudar para concurso mas ainda não sabe para qual área? Conheça o Meu Primeiro Concurso

4# É possível estudar para concurso e trabalhar?

Essa é uma das principais dúvidas de quem deseja começar a estudar para concurso do zero.

Antes de tudo, para conciliar trabalho e estudos, será necessário priorizar atividades no seu dia fora o trabalho, que é uma obrigação.

No entanto, outras atividades precisarão virar acessórias para que o estudo ocupe um dos lugares de protagonismo na sua rotina. Em resumo, você terá que estudar:

  • Antes de ir para o trabalho
  • No horário de almoço
  • Quando voltar do trabalho

Também será importante economizar energia para fazer isso. A princípio, pode parecer muita coisa. Mas lembre-se que pelo menos 90% das pessoas estudando para concurso também estão nessa situação.

5# Como estudar e fazer faculdade?

Se é possível conciliar trabalho e estudo, será que existe a possibilidade de começar a estudar para concurso do zero com uma faculdade já incluída na rotina?

A resposta é sim!

Assim como no caso do trabalho, também é importante saber priorizar atividades aqui. A ideia é que o seu estudo para concurso seja o mais sustentável possível ao longo desse tempo.

Se estiver no início da faculdade, dedique entre uma e duas horas diárias à preparação para a prova. Se estiver mais no final, escrevendo o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), dedique um tempo maior à faculdade.

É normal precisar fazer escolhas nesse momento. “Não se iluda de que os dois projetos são possíveis ao mesmo tempo e com a mesma quantidade de energia”, aconselha Douglas Schneider.

Folha Cursos lateral

6# O mito do “não tenho tempo para estudar”

Você já caiu nesse mito? Acredite, você não é o único.

Da mesma maneira que no caso dos estudos e do trabalho, é uma questão de priorizar tarefas e perceber que existem momentos de ócio ao longo do dia. Aproveitando esses intervalos, você consegue ao menos uma hora a mais de estudo por dia.

Por exemplo, você pode acordar mais cedo e dormir um pouco mais tarde, ou até mesmo estudar no transporte público durante o tempo de deslocamento.

“Faça o seu tempo valer. Invista nisso. Ele é o maior ativo que você tem”, afirma o diretor acadêmico da Folha Dirigida. “E você consegue sim criar esse tempo, por mais que você tenha as mesmas 24 horas que eu.”

Confira dicas de planejamento no Up nos Estudos

7# Como aprender mais?

Agora que você já sabe que dá para criar espaço na sua agenda para os estudos, é hora de entender como potencializar o seu processo de aprendizado.

A resposta é simples: estudo ativo.

Estudar ativamente significa estudar mexendo as mãos, seja anotando aquilo que você está lendo, escutando ou vendo. Em outras palavras, você está fazendo anotações de acordo com a sua interpretação daquele determinado assunto.

Ao colocar essa sua vontade para aprender em prática, por consequência, você aprenderá melhor.

8# Como usar as questões nos estudos?

Além de anotar, praticar com questões o conteúdo que você absorveu será essencial para a sua aprendizagem.

As questões devem fazer parte das suas sessões de estudo. Somado a isso, sessões de estudo dedicadas apenas à resolução de questões, simulados e revisões.

Se você acerta uma questão, entende o motivo. Se erra, anote em um caderno de erros junto com a teoria vinculada a ela.

Sob hipótese alguma leia a questão antes de tentar resolvê-la. Afinal, a ideia é justamente que você lembre de forma ativa daquilo que precisa resolver. No dia da prova será assim. Não é mesmo?

começar a estudar para concurso do zero

9# Como fazer um resumo?

A produção de resumos também será fundamental nessa etapa de fixação do conteúdo. Primeiramente, um bom resumo é bem resumido. Por outro lado, ele deve conter as partes importantes da disciplina.

Se você estiver assistindo a uma videoaula, o professor naturalmente destacará esses momentos.

Se o caso for da leitura de um material escrito, pode ser que tenha um pouco mais de dificuldade em ter essa percepção. Nesse aspecto, a resolução de questões será de grande ajuda. São elas que trarão a percepção de quais são os assuntos mais cobrados em provas.

Em suma, o seu resumo deve ter os tópicos principais da disciplina ao mesmo tempo que seja, como o próprio nome diz, resumido.

10# Como fazer um bom mapa mental?

Outra forma de fazer resumos é através dos mapas mentais. Você já os conhece?

O mapa mental, ao mesmo tempo que servirá como forma de estudo ativo, também será uma maneira de revisar.

No centro você coloca uma ideia. Em seguida, você liga elas a outras ideias que estejam relacionadas.

Por exemplo, sua ideia central é Funções Administrativas. Planejar, Organizar, Dirigir e Controlar serão as outras ideias ramificadas a partir dela. Ou seja, cada ramo representará uma função.

Também pode ajudar acrescentar figuras que representem a palavra-chave, se for possível. E não esqueça: use palavras curtas.

11# O que não pode faltar na rotina de estudos?

Diante de todas essas informações, você pode estar se perguntando: e o que não pode faltar na minha rotina de estudos? Em uma palavra, sustentabilidade. Basicamente, você precisa de:

  • Planejamento
  • Organização
  • Cumprir com afinco o planejamento
  • Controlar as atividades que você faz (questões e sessões de estudo)

Além disso, inclua alguma parte de lazer. Também não abra mão, de forma alguma, da atividade física. O mesmo vale para boas noites de sono.

Agora que você já sabe o que fazer, tem informações o suficiente para começar a estudar para concurso do zero, certo? Se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários e bons estudos!

folha cursos

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *