fbpx

O que estudar para concurso público: dicas para iniciantes

Depois de decidir fazer um concurso, a primeira dúvida que passa pela cabeça do futuro servidor é: o que estudar para concurso público?

Seja pela falta de oportunidades da iniciativa privada, pela estabilidade ou por qualquer outro motivo, muitas pessoas optam por um concurso antes de pensar em uma carreira. Como você também foi assim?

Ao mesmo tempo que, quanto mais cedo você começar a estudar, melhor, escolher uma área envolve muitos fatores. Afinal, o plano é que aquele seja o seu trabalho por muitos anos.

Portanto, tem que ser algo bem pensado, focado nas atividades com que você se identifica, e não simplesmente pelo salário ou estabilidade.

Mesmo com uma boa remuneração e em uma situação mais estável, a longo prazo, estar insatisfeito na sua profissão pode fazer mal.

Dessa forma, o saldo é positivo: enquanto tem tempo para fazer uma escolha importante com sabedoria, também já pode criar uma boa base para estudar com mais foco as específicas do futuro concurso que farão.

Seja pela falta de oportunidades da iniciativa privada, pela estabilidade ou por qualquer outro motivo, muitas pessoas optam por um concurso antes de pensar em uma carreira

Seja pela falta de oportunidades da iniciativa privada, pela estabilidade ou qualquer outro motivo, muitas pessoas optam por um concurso antes de pensar em uma carreira (Foto: Pexels)

Posso estudar para concurso público antes de escolher uma área?

Conforme explicamos acima, é possível sim estudar para concurso público antes mesmo de escolher uma área.

No entanto, isso não significa dizer que não seja possível otimizar o tempo de preparação antes mesmo de fazer a escolha.

Isso acontece porque, como a maior parte dos concursos têm matérias em comum – tirando aqueles que são voltados para áreas muito específicas – já é uma opção começar a estudar.

Assim, quando você tiver tomado a sua decisão, já terá uma boa base construída com as matérias mais comuns em diversas seleções.

Dessa maneira, também poderá focar seus esforços nas disciplinas específicas da sua seleção. Muitas das vezes, elas são as que têm maior peso no edital.

O que estudar para concurso público?

Começar a estudar para concurso público pode ser um desafio. Principalmente não saber qual o edital e quais as matérias que devem cair.

Diante da opção de estudar para concurso público antes de tomar uma decisão sobre a área, surge a dúvida do que, afinal, estudar.

A nossa dica, e também o que consta no “Meu Primeiro Concurso”, é que o futuro servidor comece pelas seguintes matérias:

O que estudar para concurso

Como funciona uma prova de concurso público?

Segundo o professor Marco Ferrari, também é importante saber como as provas funcionam. Ele divide as matérias cobradas em três categorias:

  • Básicas
  • Complementares
  • Específicas

As disciplinas básicas são aquelas que aparecem em todos os concursos. Já as complementares, as que aparecem nos concursos para a carreira que você almeja. Por fim, as específicas são as cobradas para determinado órgão.

Por exemplo, em um concurso de Tribunal, as disciplinas básicas seriam Português, Direito Administrativo e Direito Constitucional. Em seguida, as complementares seriam Direito Processual Civil, Direito Processual Penal e Direito das Pessoas com Deficiência.

Em conclusão, as específicas poderiam ser Direito Eleitoral e Legislação Específica.

Ele recomenda começar na ordem: básicas, complementares e específicas. Por fim, deixar as específicas para caso de iminência do edital ou de já saber o órgão e o cargo exatos para o qual você está estudando.

No caso de quem acabou de começar a preparação e ainda não decidiu a área ou carreira, se a pessoa optasse por um concurso de Tribunal depois, ao ver as matérias do “Meu Primeiro Concurso”, já teria cumprido a parte das disciplinas básicas.

Da mesma forma, isso aconteceria com diversas outras seleções.

Elas não só representam o início do seu estudo, como algo que será fundamental para sua aprovação lá na frente. São as questões que geral manda bem, então você tem que chegar junto com essa galera, afirma o professor Marco.

Segundo ele, a ideia é que você fique muito bom nessas disciplinas. Justamente por isso, elas nunca devem sair do seu ciclo de estudos.

Por onde começar estudar para concurso?

Por si só, a decisão de estudar para concurso não é fácil. Afinal, a maior parte das pessoas pensa que conseguirá um emprego na iniciativa privada depois de terminar os estudos.

Nesse contexto, quando o indivíduo decide mudar sua vida através do concurso, geralmente é porque está insatisfeito com o que tem no momento.

De acordo com o professor Marco Ferrari, é normal ter um medo antes dessa decisão. Justamente pela possibilidade do concurso, a princípio, ser algo que não estava nos planos.

Estudar sozinho x procurar ajuda

Depois de entender por qual motivo você decidiu fazer um concurso, o próximo passo é procurar alguém que possa te guiar nessa jornada.

Nesse sentido, o professor Marco divide os candidatos em dois grupos: os que decidem procurar ajuda e os que resolvem estudar sozinhos.

A princípio, pode parecer mais barato. Mas não se engane: esse é aquele barato que sai caro. Ou seja, economizar na compra de materiais pode pesar ainda mais no bolso, na medida que pode custar mais e levar mais tempo para passar.

Quem opta por estudar sozinho, precisa lidar com:

  • Procurar o conteúdo que deve ser estudado
  • Encontrar onde está esse conteúdo
  • Saber que conteúdo é esse
  • Se tiver dúvidas, procurar um suporte

Ter que fazer essa busca sozinho demandará um tempo precioso que poderia ser utilizado no estudo.

Nesse sentido, Marco Ferrari considera conteúdos como o do “Meu Primeiro Concurso” uma grande vantagem, visto que o kit de materiais é completo. O mesmo vale para outros cursos da Folha Cursos.

Outra dica do professor, depois de decidir seu concurso ou área de desejo, é sempre que for comprar um material, comprar antes da publicação do edital.

Não só porque o ideal é já estar estudando, mas também porque, quando sai um edital, a procura por materiais envolvendo aquele concurso aumentam.

Consequentemente, o preço deles. Portanto, já ter esse material em mãos também será vantajoso para sua saúde financeira.

Como é o Meu Primeiro Concurso?

As aulas têm em torno de 15 minutos para cada tópico das matérias citadas. Conteúdo direto e sem enrolação, certo?

Além das 565 aulas gravadas em 131 horas, o futuro servidor que adquirir o “Meu Primeiro Concurso” também tem direito a:

  • Transcrição em texto das aulas
  • Questões comentadas
  • e mais!

Meu Primeiro Concurso Público

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Deyse Brito disse:

    Preciso aprender a estudar para concurso viro a noite estudando e não consigo passar…
    Tenho dificuldade em matemática,raciocínio lógico.
    Me ajude!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *