fbpx

9 passos para se destacar em uma entrevista de emprego

Compartilhe o conteúdo

Não seria ótimo se destacar em uma entrevista de emprego e sair na frente dos demais candidatos?

É verdade que não existe uma fórmula mágica para ser o candidato ideal para as empresas, mas você pode encontrar meios de estar mais próximo do que é procurado pelos recrutadores.

Para isso, se sair bem na entrevista de emprego, seja presencial ou entrevista online, é tão importante como ter um currículo perfeito para você se aproximar da vaga desejada.

E nas avaliações, muito mais é considerado que somente qualificações e experiências, como as questões comportamentais. Por isso você deve estar bem preparado para este momento.

como se sair bem em uma entrevista de emprego

Se sair bem na entrevista de emprego é tão importante como ter um currículo perfeito para você se aproximar da vaga desejada (Foto: Freepik)

O que você vai encontrar aqui?

1. Saiba como funciona uma entrevista de emprego

Existem diversas técnicas de entrevistas, no entanto, cada uma terá um objetivo claro com base em teorias de análise para cada indivíduo.

Um modelo muito utilizado, de acordo com as psicólogas especialistas em RH, Danielle Farias e Ana Cecília, é baseado em competências comportamentais. Como assim? Explico.

O selecionador, quando inicia a entrevista, tem como objetivo buscar exemplos de situações vivenciadas pelos candidatos. A partir disso, busca entender como que essa pessoa se comporta em seu dia a dia na profissão.

Vamos imaginar um processo seletivo para uma vaga de atendimento ao cliente. Se, durante uma entrevista, surgir, por exemplo, a pergunta: ‘Me conta uma situação que você vivenciou e precisou lidar sozinho com um cliente nervoso que precisa ter seu problema resolvido’; pode-se dizer que o método baseado em competências comportamentais está sendo utilizado, exemplifica Danielle Farias.

Nesse caso, a ideia é saber como o candidato se comportaria em uma situação de pressão. Qual sua capacidade resolutiva nesse momento? Há um controle emocional?

2. Faça uma autoavaliação da sua competência x sua ambição x vaga

Candidatar-se em vagas que você realmente possua os requisitos e se imagine atuando com sucesso na mesma é essencial.

É muito comum que as pessoas enviem seus currículos para vagas que não possuem condições para assumir o cargo imediatamente.

Isso é compreensível, mas em muitas empresas as pessoas “se queimam” por enviarem currículos para todas as vagas que abrem, pensando que estão fazendo o certo, contudo, essa não é uma boa estratégia.

Para se destacar em uma entrevista de emprego ser compatível com a vaga é fundamental.

3. Qual tipo de linguagem utilizar em uma entrevista de emprego?

As profissionais afirmam que a linguagem depende do perfil de cada empresa que está recrutando.

Ainda assim, existem palavras que você não deve utilizar de jeito nenhum, como aquelas de conteúdo impróprio, inadequado, chulo, ofensivo, rude, obsceno, agressivo ou imoral.

Se você quer ser destacar em uma entrevista de emprego, é indicado sempre fazer uma pesquisa sobre a empresa para você saber com quem irá lidar.

“Por exemplo, em uma instituição de ensino, não é aconselhado utilizar gírias. Já em uma empresa onde a maioria dos funcionários são jovens ou em uma startup, pode ser comum o uso de expressões específicas para este grupo”, exemplifica Danielle.

Mas, lembre-se que você nem sempre irá saber qual é a instituição que você está se candidatando. Em muitos casos, é utilizada uma empresa recrutadora como intermediária, e somente no dia você terá as informações completas.

O indicado, além de não usar linguagens inadequadas, é evitar gírias.

quais linguagens não usar em entrevistas de emprego

4. Como o candidato deve se vestir para uma entrevista de emprego?

A roupa, assim como a linguagem, também depende do perfil da empresa. Porém, existe um padrão geral que você pode seguir e é indicado pelas psicólogas Danielle Farias e Ana Cecília.

Mulheres:

  • Saia ou vestido: atenção para o comprimento e se está muito justo. O indicado é em torno de quatro dedos acima do joelho.
  • Calça: atenção se está marcando o corpo.
  • Camisa/Blusa: preferência por aquelas que você possa fazer movimento e deixa à vontade, sem aparecer nada. Na dúvida, utilize sem decote.
  • Tecido: sem transparência.
  • Calçado: aquele que você fique segura e confortável.
  • Cores: preferência neutras.
  • Acessórios: poucos e sem exageros.
  • Maquiagem: cores neutras.

Homens:

  • Calça: atenção para não marcar o corpo.
  • Bermuda: somente no caso de empresas que é costume utilizar.
  • Camisa/Blusa: preferência por aquelas que você possa fazer movimento e te deixa a vontade.
  • Tecido: sem transparência.
  • Calçado: confortável, limpo e sem exageros.
  • Ternos: somente para cargos executivos.

5. O que falar de defeito e qualidades em uma entrevista?

Provavelmente em alguma entrevista já perguntaram para você seus defeitos e qualidades. Geralmente, as empresas fazem essas perguntas para entender se o candidato tem consciência do que precisa melhorar ou qual característica sua pode ser essencial para o cargo desejado.

Isso tudo, além de saber se a pessoa tem uma autocrítica e é flexível a ponto de reconhecer quais pontos estão desenvolvidos ou não. E se você conhece bem sobre si.

Este é um momento considerado complicado na entrevista pelos candidatos. Surge o receio: ‘E seu eu falar meu defeito e me considerarem problema? E se eu falar minhas qualidades e me considerarem arrogante?’, aponta Danielle.

Nem sempre temos facilidade de falar de nosso pontos fracos em entrevistas de emprego. Uma dica das especialistas em RH é pensar no que as pessoas próximas e confiáveis dizem sobre você, seja amigos, família, colegas de trabalho e seu gestor.

Se você tiver tempo, elabore uma lista e coloque de cada lado os “pontos desenvolvidos” e “pontos a melhorar”.

Lembre o que as pessoas dizem sobre você e escreva. O que mais for repetido tem chance de ser o que você precisa saber, tanto de qualidades quanto defeitos.

Notícias e vagas de empregos por todo o país no site da Folha Dirigida

6. Quais as perguntas mais frequentes em uma entrevista de emprego?

Em uma entrevista existem diversos tipos de perguntas que podem ser feitas. Seja em uma entrevista individual ou dinâmica de grupo, há quatro pontos que costumam ser repetidos. São eles:

  • os aspectos pessoais
  • profissionais
  • emocionais e competências comportamentais

Em relação aos aspectos pessoais, é comum que seja perguntado o estado civil, se a pessoa tem filhos, com quem mora, o relacionamento com a família, saúde, lazer, entre outros pontos.

No lado profissional, as perguntas mais comuns são sobre onde trabalhou, o que fazia nessa função, seus projetos, responsabilidades, promoções, aspirações futuras e o motivo da saída.

Esse último ponto, inclusive, é bastante delicado para os candidatos. Uma dica das psicólogas é jamais tentar manchar a imagem da empresa anterior. “A ética é uma característica muito valorizada em qualquer cargo e em qualquer empresa”, recomendam.

Em relação às competências comportamentais e aos aspectos emocionais, o objetivo das perguntas é conhecer o candidato no ambiente de trabalho.

Nesse momento, é preciso comentar sobre situações específicas, como foi o andamento destas, os resultados e de que maneira você lidou com isso. Em geral, as perguntas vão depender do cargo disputado.

quatro tipos de perguntas utilizadas em entrevistas de emprego

7. O que o candidato deve falar sobre si?

É fundamental que o candidato fale somente o que for pertinente à vaga ou questionado pelo recrutador.

Um exemplo apontado por Danielle Farias e Ana Cecília é quando você está participando, por exemplo, de uma entrevista para um cargo de auxiliar de escritório para uma vaga.

Suponha que você está se formando em piano e seu sonho é ser professor do instrumento. Você deve falar sobre isso? A resposta é que não é necessário. Afinal, não tem nenhuma ligação com o cargo em si.

“E se a vaga de auxiliar de escritório for para uma escola de música, é importante você falar? Consideramos que sim! Você será capaz de avaliar e responder melhor esta pergunta se aplicar este raciocínio, quando surgir a dúvida em cada intenção a ser falada”, completam as psicólogas.

8. O que responder na parte “por que a empresa deve contratar”?

Esse é um momento de tensão, mas é a hora da verdade. Se você percebeu que faltou algo durante a entrevista, é a sua oportunidade de se vender e fazer o seu marketing pessoal para o entrevistador.

O objetivo da empresa é contratar o candidato para resolver um problema, e é aí que você deve se encaixar como aquela pessoa que veio para solucionar isso. As chances de se destacar na entrevista de emprego aumentam bastante dessa forma.

Mostre que você quer muito aquela vaga e que sempre estará disposto a aprender o que não tiver conhecimento.

9. Como se comportar para se sair bem em entrevistas de emprego?

O conselho principal das profissionais se você quer passar uma boa primeira impressão em uma entrevista de emprego é ser sempre você mesmo. Não invente um personagem na hora de fazer a entrevista, pois mais tarde você pode ser “desmascarado”.

Além disso, siga as dicas abaixo:

#1. Esteja atento às novas ferramentas tecnológicas de processo seletivo.

#2. Seja pontual, pelo menos 5 minutos antes do horário agendado.

#3. Seja educado: “Bom dia!”, “Boa tarde!” e “Boa Noite!”

#4. Tente criar uma sintonia com o entrevistador

#5. Seja objetivo. Não pergunte coisas pessoais do entrevistador ou comente sobre algo que não lhe foi perguntado.

#6. Mostre-se aberto para maiores esclarecimentos. Pergunte algo do tipo: “Eu consegui me fazer entender?”.

#7. Caso esteja nervoso ou ansioso devido a entrevista, deixe isso claro de forma descontraída.

#8. Seja sincero e honesto em suas respostas. A mentira não chega muito longe, ou seja, se sua intenção era esconder algo para se dar bem, a verdade vai aparecer mais cedo ou mais tarde.

#9. Demonstre vontade.  As pessoas e empresas estão procurando você para resolver o problema dela.

#10. Conheça a empresa antes da entrevista. As pessoas, no geral, sentem-se mais confortáveis com algo que já conheçam.

como se comportar em entrevistas de emprego


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *