fbpx

Como procurar emprego sem experiência?

Compartilhe o conteúdo

Se você está tentando ingressar no mercado de trabalho, talvez na sua primeira oportunidade, já deve ter se questionado: como procurar emprego sem experiência?

Realmente, para quem está em início de carreira, a falta de experiência pode trazer dificuldades na hora de conseguir uma vaga.

Mas saiba que nem tudo está perdido. Além de existirem cargos que são destinados para os inexperientes, também é possível se destacar com outras vivências profissionais.

Se você quer saber como se candidatar a uma ainda sem experiência, confira as dicas da gerente de contas do Grupo Cia de Talentos, Milie Haji, a seguir.

O que você vai encontrar por aqui:

Quais são as opções de primeiro emprego?
Como procurar emprego sem experiência?
Como conseguir o primeiro emprego rápido?
Quais são as competências e habilidades que o mercado procura?
Como se desenvolver para começar uma carreira?
Como superar o medo e o nervosismo na busca por um emprego?

Como buscar por uma vaga se não tenho experiência

Uma forma de ter experiência ao buscar por uma vaga são trabalhos voluntários e atividades extracurriculares (Foto: Freepik)

Quais são as opções de primeiro emprego?

Existem vagas que são destinadas a profissionais que estão em início de carreira, como jovem aprendiz, estágio, além das posições para o cargo de assistente.

Jovem Aprendiz

Muitas empresas possuem programas de aprendizagem, que são destinados a jovens sem experiência profissional.

O objetivo é estimular o emprego entre jovens. Durante o programa, o aprendiz vai trabalhar e receber uma capacitação específica na área em que estiver atuando.

Para ser um jovem aprendiz, você precisa ter idade entre 14 a 24 anos e estar cursando ou já ter concluído o ensino médio.

Estágio

É através do estágio que muitos estudantes conseguem experiência. Existem vagas para alunos dos níveis médio, técnico e superior.

Além disso, o cargo de estagiário é uma das principais portas de entrada em grande parte das empresas.

O objetivo do estágio é o aprimoramento profissional na área de estudo, portanto é requisito obrigatório estar matriculado em uma instituição de ensino.

Assistente

O assistente é o profissional que presta apoio na área de gestão das empresas, geralmente em atividades administrativas, operacionais e/ou de logística.

A formação mínima exigida é o ensino médio completo, no entanto, profissionais com cursos de Informática e conhecimentos em idiomas se destacam. Essa vaga não costuma exigir experiência prévia na área.

Pelo contrário, Milie Haji explica que o mercado de trabalho está cada vez mais disposto a contratar pessoas pelas suas habilidades comportamentais.

Essa afinidade de comportamentos, também chamada de fit cultural, às vezes acaba sendo um critério mais importante do que a experiência.

Segundo Haji, algumas empresas estão contratando profissionais pelas características de comportamento e investem em treinamentos para desenvolver habilidades técnicas.

Cargos para início de carreira

Como procurar emprego sem experiência?

Se você não tem experiência ao buscar por um emprego, pode investir seu tempo em outras atividades que vão valorizar o seu currículo, como:

1. Trabalho voluntário: além de ajudar outras pessoas, o trabalho voluntário – seja religioso, político ou social – também é um tipo de experiência.

2. Experiência informal: não são apenas experiência formais, com contratos, que podem estar no seu currículo. Outros tipos de trabalhos, realizados de maneira informal, também são interessantes.

“Vender brigadeiro na faculdade, por exemplo, pode e deve ser colocado no currículo como uma experiência, já que demonstra iniciativa, proatividade e habilidades como as de negociação”, exemplifica a gerente de contas do Grupo Cia de Talentos.

3. Atividades extracurriculares: você participa de atlética na faculdade? Realiza pesquisa acadêmica? Toca um instrumento em uma banca?

Saiba que esses tipos de atividades “podem ser experiências interessantes também para colocar no currículo quando se está começando”.

Haji explica que a demonstração de habilidades através dessas atividades conta mais do que dizer que é proativo, comunicativo e dinâmico.

Nessa edição do Carreira Dirigida, saiba mais sobre o tema Universitários e o Mercado de Trabalho.

O que escrever no currículo quando não tenho experiência

Como conseguir o primeiro emprego rápido?

Para conseguir seu primeiro trabalho, a gerente aconselha que você entenda quais são as vagas aderentes ao seu perfil.

Você também pode conversar com a sua rede de contatos (amigos e familiares), além de se inscrever em portais de vagas.

Outra ferramenta que pode ajudar bastante tanto na sua rede de contatos como na o LinkedIn. Você já possui um perfil completo na rede?

E se você for chamado para o processo seletivo? Milie Haji indica que você utilize o tempo disponível para treinar para as futuras entrevistas, já que será preciso contar sobre você para o recrutador.

“É possível se preparar para este momento, seja treinando na frente do espelho ou até mesmo gravando pelo celular um vídeo para que você veja como está a sua desenvoltura.”

Outra atenção que você deve ter, quando passar por um processo seletivo online, é testar o equipamento que você utilizará e a conexão com a internet antes, por exemplo, para não ter imprevistos na hora.

Habilidades que o mercado de trabalho tem buscado

Quais são as competências e habilidades que o mercado procura?

As soft skills, ou seja, as habilidades comportamentais, são exigências cada vez mais em alta nas carreiras do futuro. Alguns exemplos dessas skills são capacidade de resolver problemas, resiliência, empatia, liderança…

“O mercado procura por profissionais que sejam protagonistas, criativos, tenham boa capacidade de resolução de problemas, tenham senso crítico e trabalhem bem em equipe”, diz Milie Haji.

A gerente explica que é possível demonstrar essas competências através de experiências já vividas, seja na sua vida pessoal, profissional ou acadêmica.

Como se desenvolver para começar uma carreira?

Se você está começando a sua carreira, Haji aconselha que você aproveite todas as oportunidades de desenvolvimento: “Fale muito mais sim do que não e se arrisque”. Segundo ela, no final das contas, você vai ganhar, no mínimo, experiência.

Além disso, outra dica para adquirir conhecimentos são os cursos e jornadas que são encontrados gratuitamente na internet.

Quando conseguir uma entrevista, demonstre ao recrutador que está em busca de aprendizagem e tem interesse no autodesenvolvimento.

De acordo com a gerente, essas informações podem fazer diferença no momento da contratação.

Como superar o medo e o nervosismo na busca por um emprego?

A falta de preparo acaba trazendo um sentimento de insegurança. Por isso, uma boa dica para acabar com o medo e o nervosismo causados por essa falta de segurança é se desenvolver.

Um bom ponto de partida, segundo Haji, são as plataformas gratuitas com jornadas e cursos gratuitos.

Com o bettha – uma plataforma de recrutamento, seleção e desenvolvimento 100% digital –, é possível se capacitar para fortalecer o seu relacionamento com as empresas.

Além dos cursos, “disponibilizamos assessments (avaliações) comportamentais de forma gratuita e, dessa forma, os jovens podem se conhecer melhor, adquirir conhecimento através dos conteúdos e conseguir vagas”, finaliza Haji.

Em resumo, se você está na dúvida de como procurar emprego sem experiência, invista no seu desenvolvimento tanto pessoal quando profissional, com cursos.

Há opções gratuitas e você, certamente, se destacará no processo seletivo. Além disso, tente criar experiências que sejam válidas para você e para sua carreira.

Notícias e vagas de empregos por todo o país no site da Folha Dirigida


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *