fbpx

Dificuldade em Português para concurso: como superar?

A Língua Portuguesa é considerada uma das matérias mais difíceis pelos candidatos a concursos públicos. Você tem dificuldade em Português para concurso?

Segundo a professora da Folha Cursos, Luciane Sartori, isso acontece porque as pessoas pensam que a Língua Portuguesa cobrada nas provas aparece da mesma forma que usamos no dia a dia. Pelo contrário, é aí que surge a dificuldade.

“As provas não exigem o conhecimento da prática, mas sim o da teoria”, explica. “Os usuários de uma língua acreditam que sabem muito de sua estrutura, pois a usam constantemente”.

Dificuldade em Português para concursos

Você tem dificuldade em Português para concursos? Muitos candidatos relatam ter esse problema, mas tem solução (Foto: Freepik)

Por que os candidatos costumam ter dificuldade em Português para concurso?

Como explicado pela professora, essa dificuldade surge da crença de que, por o Português ser a língua usada no cotidiano, o candidato acredita que já sabe tudo.

Somado a isso, ele também supõe que a cobrança na prova será semelhante, senão igual, à forma que é utilizada a linguagem no dia a dia.

Portanto, o maior inimigo do futuro servidor na hora de superar a dificuldade em Português para concurso é a soberba. Afinal, a teoria que é cobrada em provas é bem distante da prática.

Em conclusão, o candidato precisa estudar a disciplina, como qualquer outra. Ainda que já tenha um bom nível de conhecimento.

O que costuma ser mais difícil: gramática ou interpretação de texto? E a redação?

De acordo com a professora, as três áreas de conhecimento são difíceis. No entanto, a gramática costuma se tornar mais mecânica depois dos estudos.

O mesmo não acontece com a interpretação de texto. Por isso, passa a ser a mais difícil.

Mas, quando aparece redação no edital, os candidatos ficam enlouquecidos. Principalmente porque a maioria não escreve um texto há muito tempo.

Por isso, a discursiva é a maior prova de fogo de uma seleção, afirma Luciane Sartori.

Os candidatos costumam ter mais dificuldade em qual área? 

Em síntese, a redação é a mais difícil para a maioria dos candidatos. Isso acontece porque muitos não tiveram preparo escolar adequado e a maioria não faz um texto há muito tempo.

Por fim, o maior problema é a falta de treino. Em outras palavras, a falta de produzir efetivamente um texto e com qualidade.

O que fazer para ter menos dificuldade em Português para concursos?

Assim como em qualquer outra disciplina, a melhor dica é resolver exercícios. Porém, não estamos falando aqui de questões de provas, mas sim exercícios de fixação, voltados para a repetição.

Ficar muito tempo na teoria, querendo memorizar conceitos, não ajuda a evoluir o conhecimento da língua, justifica a especialista.

No que diz respeito à interpretação, o que todos devem fazer é responder a questões de provas anteriores, com muita frequência e sempre analisando todos os itens. Ou seja, ter um olhar crítico para as questões.

Não apenas resolvê-las, mas procurar a justificativa para cada uma. Perguntar-se “por que está certo?” e “por que está errado?” em relação a cada item.

Já para a redação, a melhor solução possível é procurar um professor especialista para uma mentoria. Via de regra, as mentorias exigem que o aluno faça ao menos uma redação por semana.

Com o texto em mãos, o professor o devolve ao aluno com as devidas correções, o que pode ser melhorado e um passo a passo para essa melhora.

Como evitar os vícios do cotidiano em Português para concursos?

Como as dificuldades estão justamente em diferenciar a prática da teoria, Sartori acredita que o mais inteligente seja tentar usar a forma culta e correta no dia a dia.

Não apenas os que têm dificuldade em Português, mas sim todos que sonham com uma boa classificação nas provas de concurso têm de colocar em prática o que está na teoria, aconselha.

Qual a melhor forma de estudar Português para concursos?

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, estudar Português não significa:

  • Decorar um monte de regras
  • Ler muitos livros
  • Comparar teorias

Portanto, estudar Português é entender o mecanismo da Língua, reconhecendo-o nas elaborações textuais.

Quem quer ter uma boa performance na matéria, precisa estudar Português como estuda Matemática: na prática.

Dicas práticas para estudar Português para concursos

Assim como em qualquer outra disciplina, para ter uma alta performance é preciso, em primeiro lugar, um bom planejamento de estudos.

A dica de Luciane Sartori é organizar as disciplinas do seu concurso nos dias da semana, colocando o Português em três deles:

  • Reserve entre 30 e 50 minutos para o estudo da parte teórica
  • 25 minutos para exercícios
  • Mais 25 minutos para resumos, mapas mentais e esquemas

Em conclusão, as normas da Língua Portuguesa não devem ser apenas memorizadas. Mas sim entendidas, como são estruturadas. Por exemplo, observe como elas interferem no sentido das frases.

A teoria é crucial no estudo da Língua Portuguesa. Luciane Sartori aconselha fazer muitos exercícios de fixação, prestando atenção não apenas na banca que fará sua prova. Segundo a professora, alguns conceitos mudam de uma banca para a outra.

Ajudamos com a sua dificuldade em Português para concurso, futuro servidor? Se você gostou das dicas da professora Luciane, confira as aulas da Folha Cursos!

módulo português

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *