fbpx

3 dicas essenciais para escolher uma carreira

Compartilhe o conteúdo

Você já se pegou pensando como escolher uma carreira profissional? Provavelmente, você deve ter ouvido em algum momento da sua infância a seguinte pergunta:

“O que você quer ser quando crescer?”

Mas aí chega a hora em que você cresce e precisa responder de verdade essa questão. Mas a realidade é que nem sempre é fácil descobrir a profissão ideal.

Nesse momento, surgem diversas dúvidas e você começa a ficar confuso. Se esse for o seu caso, acalme-se.

Antes de tudo, é preciso tirar o peso dessa decisão, pois nenhuma escolha será definitiva e imutável.

Segundo Saulo dos Mesquita, Head de Relacionamento Institucional da Fundação Estudar, quando você toma uma decisão como essa, ela não será para sempre.

“Nem de longe, o que você vai escolher para a faculdade, vai definir a sua carreira para o resto da vida”, afirma.

Quando for escolher uma carreira, tire o peso dessa decisão, pois nenhuma escolha será definitiva e imutável

Quando for escolher uma carreira, tire o peso dessa decisão, pois nenhuma escolha será definitiva e imutável (Foto: Freepik)

Dúvidas comuns para a escolha de uma carreira

Antes de compartilhar com você três dicas para escolher uma carreira, Saulo dos Mesquita trouxe algumas perguntas comuns para muitas pessoas que estão em busca da decisão profissional.

É necessário fazer uma faculdade?

“Depende da carreira”, explica Saulo. Para algumas profissões, a graduação formal é necessária, como Medicina e Direito.

Na área de Tecnologia, por exemplo, já há alguns cargos em que é possível se candidatar com cursos técnicos e conhecimentos na área. Que tal construir uma carreira no mercado Digital?

Apesar disso, o especialista frisa que não quer dizer que para esses cargos será necessário estudar menos. “O estudo continua sendo necessário”, afirma.

A lógica de estudo e busca de conhecimento, em alguns casos, é diferente, mas em nenhum momento anula a necessidade de estudar.

Além disso, para quem for ingressar em uma faculdade, a dica é aproveitar mais do que apenas as aulas.

A faculdade também é espaço para fazer networking. Você pode utilizar as oportunidades para fortalecer sua rede de contatos e trocar ideias com colegas e professores.

Como escolher um emprego em início de carreira?

O início de carreira pode ser complicado, ainda mais pela falta de experiência. A dica para procurar emprego, nesse caso, é focar em cargos voltados para os inexperientes, como:

  • Jovem Aprendiz
  • Estagiário
  • Trainee

Além disso, é possível desenvolver suas habilidades e conhecimentos. Outro ponto é aproveitar algumas oportunidades ainda durante a faculdade.

Pesquisas e atividades acadêmicas, empresas juniores e atléticas podem ser boas oportunidades para ganhar experiência.

Há idade para começar uma nova carreira?

Se você descobriu que está infeliz na sua carreira e quer mudar, o Head de Relacionamento Institucional da Fundação Estudar conta que não há idade para mudanças.

O conselho é tentar fazer essa mudança de forma racional, sem jogar tudo para o alto do dia para a noite.

Tente extrair o melhor que puder das suas experiências anteriores. Uma boa forma é criar um hobbie produtivo.

Se você trabalha com Contabilidade e resolveu que quer se dedicar à música, por exemplo, pode tomar pequenas decisões e fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo.

É possível começar a cantar em igrejas, casamentos, festas de amigos ou até gravar músicas e postar no YouTube.

Quando conseguir algum retorno financeiro dessa segunda carreira, pode começar a transição. Mas o mais importante é não se culpar por querer mudar ou por não saber de tudo.

“Não se torture por não ter certeza, porque a gente nunca tem”, afirma Saulo.

Notícias e vagas de empregos por todo o país no site da Folha Dirigida

Como escolher uma carreira?

Saulo conta que não existe uma fórmula mágica para garantir que você tome a decisão correta, ainda assim, existem métodos e ferramentas que podem facilitar esse processo.

Para isso, ele pontuou três dicas essenciais que ajudarão você na hora de escolher qual profissão deseja seguir.

3 dicas essenciais para a escolha da carreira

1. Saiba quem você é

O autoconhecimento é a chave fundamental para que você consiga escolher a profissão que mais se encaixa a quem você é.

Nesse momento, deve observar quais são as atividades que você gosta, o que desperta interesse e as áreas que você se identifica.

“Você tem que entender o que você faz e te dá prazer”, comenta. O especialista ainda frisa que, nem sempre, ser bom em algo será a solução para a felicidade no trabalho.

Isso porque você pode ter habilidade ou facilidade para certas áreas e/ou atividades, mas se não se sentir realizado fazendo aquilo, não adiantará muita coisa.

Uma dica é fazer um curso de autoconhecimento.

2. Faça testes vocacionais

Além dos cursos de autoconhecimento, existe outra ferramenta que pode auxiliar na escolha da carreira: o teste vocacional.

Teste vocacional é uma avaliação que busca identificar os atributos pessoais de um indivíduo com o objetivo de trazer clareza na hora de decidir qual carreira seguir.

Saulo indica o teste feito pela Fundação Estudar, que está disponível gratuitamente na internet. O diferencial desse exame é que ele é feito como um bate-papo.

Através de um robô assistente virtual – chamado de Fê – o interessado responde algumas perguntas.

Essas respostas serão analisadas por uma tecnologia de inteligência artificial, que vai traçar suas características e dizer quais são as carreiras que mais fazem sentido para o seu perfil.

Além disso, uma informação importante é que esse tipo de teste também é utilizado por recrutadores nas etapas de seleção para uma vaga de emprego.

Nesse caso, será analisado o perfil comportamental para saber se você possui fit cultural com a empresa.

O especialista explica que esse perfil varia de acordo com a vaga e as características desejadas para aquele cargo.

Não existe pessoa melhor ou pior, existe pessoa mais adequada para determinado tipo de trabalho, frisa.

3. Busque informações em fontes confiáveis

Por fim, a terceira dica é manter-se bem informado. Saulo conta que se informar não é ficar apenas nas redes sociais vendo o que as pessoas compartilham.

Você precisa buscar informações e o Jornalismo pode ajudar nisso. (Já conferiu a editoria de Empregos no site da Folha Dirigida?)

Pode também saber mais sobre as carreiras em sites especializados no assunto. Além da leitura de matérias, existem outras formas de adquirir conhecimento com produções jornalísticas, como:

  • Podcasts
  • Vídeos
  • Documentários

Quando você escolhe uma carreira, você também pode (e deve) buscar informações além de cargos, salários e vagas de emprego.

Também é necessário saber de outros assuntos – como Política e Economia, por exemplo – e de como eles afetam a sua realidade e a de profissionais da área que você quer ingressar.

Pronto para procurar o seu próximo emprego?


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *