fbpx

Como descobrir a carreira ideal para você

Compartilhe o conteúdo

Saber como descobrir a carreira ideal para você é uma grande questão, tanto para jovens ingressando no mercado de trabalho, assim como para muitos veteranos.

Se você tem dúvidas sobre sua carreira, não é a única pessoa. Mesmo que desde pequeno tenha ouvido aquela pergunta clássica: “o que você quer ser quando crescer?”.

Uma verdade é que, ao longo da nossa vida, vamos sim mudar de opinião sobre nosso futuro. São poucas pessoas que desde cedo têm a certeza sobre o caminho que irão trilhar.

Tudo isso depende de muito autoconhecimento, segundo a psicóloga especialista em Recursos Humanos, Danielle Farias.

como descobrir a carreira ideal para você

Descobrir a carreira ideal é uma grande questão tanto para jovens ingressando no mercado de trabalho, como para muitos veteranos (Foto: Freepik)

Como descobrir qual é a carreira ideal para você?

O que você gosta de fazer? Interagir com pessoas? Fazer trabalhos mais individuais ou em grupo? Esse é um dos pontos de partida, segundo Danielle.

Por quê? Autoconhecimento é a resposta. E é a partir disso que você começa a identificar a área que tem mais a ver com o que busca.

A dúvida sobre qual profissão seguir fica mais latente quando o jovem entra no Ensino Médio e o receio de fazer uma escolha errada pode deixá-lo mais ansioso, explica Danielle Farias.

A psicóloga indica algumas formas para ajudar a escolher uma carreira para seguir:

  • Conheça os profissionais: conhecer de perto a profissão irá ajudar a perceber os pontos positivos e negativos para ter consciência dos aspectos daquela carreira e desconstruir alguns preconceitos e crenças.
  • Faça pesquisas na internet, livros e revistas: dessa forma, poderá escolher uma profissão que combina mais com você.
  • Não seja influenciado pelos sonhos de outras pessoas: é preciso ter em mente que somente você irá trilhar esse caminho. A escolha precisa ser sua.

A realidade é que nem sempre será fácil chegar a uma conclusão sozinho sobre a sua carreira de sucesso. Afinal, nem todas as pessoas têm uma ideia definida sobre a profissão que quer seguir.

Por isso, você pode recorrer à orientação profissional de um psicólogo para ajudá-lo nesse processo de autoconhecimento.

Testes psicológicos de avaliação de personalidade também podem ser uma boa opção de suporte para a sua tomada de decisão.

o que fazer para se aproximar da descoberta da sua carreira ideal

Como saber qual é a sua vocação profissional?

A orientação junto a um psicólogo é uma etapa para ajudar você no conhecimento de si mesmo. Esse profissional irá fazer com que você identifique melhor o sentido de suas decisões e como desempenhar bem seu papel na profissão.

Isso pode ser feito da forma que você alinhe suas habilidades pessoais com a área escolhida.

Por exemplo: você gosta de trabalhos burocráticos em escritório ou que exijam tomada de decisão imediata? Consegue trabalhar sob pressão?

Na orientação, o profissional avalia como essas habilidades podem ser determinantes nas profissões como um todo.

O que é teste vocacional e para que serve?

Os testes vocacionais representam outra opção para ajudar na sua tomada de decisão.

O teste vocacional  é muito recomendado para ajudar a pessoa a descobrir suas habilidades, auxiliar na estruturação de sua identidade pessoal e perceber suas  características e singularidades, indica a psicóloga.

Existem diversos tipos de testes que se aplicam à necessidade de cada pessoa, como testes vocacionais direcionados à Medicina, aplicados aos candidatos que pretendem concorrer por uma vaga na universidade da área.

Para ter um resultado eficaz na orientação e teste vocacional, é preciso que a avaliação conte com os principais domínios no processo de orientação. São eles:

  • Cognição
  • Competências Comportamentais
  • Personalidade
  • Inteligência

Também há inúmeros testes vocacionais na internet, mas Danielle Farias recomenda que a avaliação seja orientada por um profissional para melhor percepção dos resultados.

Como são realizados os testes vocacionais?

Segundo especialista em RH, em geral, são feitas três sessões com um profissional para melhor identificação do resultado. Acontece da seguinte forma:

Primeira Sessão

  • Saber quais os interesses e se a pessoa bate com as aptidões.
  • Entrevista para saber mais da personalidade.
  • Redação para a pessoa fazer uma descrição de si.

Segunda Sessão

  • O profissional utiliza informações da primeira sessão para apresentar opções de curso.
  • Levantamento de qual carreira a pessoa poderia seguir de acordo com interesses.

Terceira Sessão

  • Entrega dos resultados.
  • Momento para tirar dúvidas sobre o mercado de trabalho da profissão escolhida.
  • Como funciona o dia a dia da carreira.

Teoria das Personalidades Vocacionais e dos Ambientes Profissionais

Um exemplo famoso indicado pela psicóloga, e que você pode testar, é a Teoria das Personalidades Vocacionais e dos Ambientes Profissionais.

Aprovado pela comunidade científica no ano de 1959, o teste foi elaborado pelo psicólogo John Holland e é um dos mais completos da área, segundo Danielle Farias.

Ele é composto por um questionário com ocupações possíveis. Nele, a pessoa deve atribuir um valor para cada uma utilizando as opções “gosto” ou “não gosto”.

Outros aspectos avaliados neste teste são:

  • Relações interpessoais
  • Comportamento de enfrentamento
  • Identificação
  • Interesses

o que é avaliado na orientação vocacional

Como iniciar uma nova carreira?

Somos seres humanos e estamos em constante mudança. Por isso, pode acontecer da carreira ou área que escolhemos inicialmente não ser mais aquela que nos satisfaz.

Danielle exemplifica com uma situação:

“No momento em que, mesmo empregado, ganhando bem, conquistou um posicionamento importante e ainda assim se sente insatisfeito, triste e nada faz sentido para a pessoa”.

Antes de compartilhar o que você pode fazer nesse caso, é importante realçar que nem todas as pessoas têm a opção de largar um emprego de uma hora para outra.

É preciso muito planejamento para dar início a uma transição de carreira. E a reorientação profissional auxilia nesse momento.

Essa é uma forma de ajudar a pessoa a encontrar um novo sentido de vida tanto por meio de uma atividade para complementar a renda, quanto na descoberta de outra que te dê mais prazer, segundo a especialista.

Como saber se é o momento de mudar a profissão?

Danielle Farias afirma que um alerta é quando você percebe que não consegue mais ter bom rendimento e desenvolver suas atividades normais no trabalho.

Outro motivo é quando a pessoa reconhece que sua capacidade vai além do que a função lhe pede e sente que não está sendo aproveitada suficiente e perde o prazer nas atividades.

O que considerar na hora de trocar de emprego?

A transição de carreira ou emprego não é fácil. Inúmeros fatores devem ser considerados na hora de largar o caminho que você estava seguindo.

Danielle Farias afirma que um dos fatores mais preocupantes atualmente é o adoecimento mental relacionado ao trabalho.

A relação saúde-trabalho-doença é um objeto de estudo que há muito tempo vem sendo relacionado a alguns sintomas como estresse, depressão, ansiedade e consumo abusivo de substâncias psicoativas, explica a psicóloga.

O sofrimento psíquico acaba provocando um estado de luta a pessoa e levando à exaustão e uma consequente doença mental.

Por isso, reconhecer essas limitações e insatisfações é determinante para enfrentar esse problema, seja mudando de carreira ou com outras atividades mais prazerosas que proporcionem crescimento pessoal e profissional.

Notícias e vagas de empregos por todo o país no site da Folha Dirigida


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *