fbpx

Carreiras Digitais: conheça a carreira de vendedor digital

Compartilhe o conteúdo

Você já ouviu falar na carreira de vendedor digital? Vender não é uma atividade nova. Desde antes do surgimento do papel moeda, a comercialização já era feita através da atividade de troca.

Embora muito antiga, essa é uma profissão que ganha destaque no meio digital. Isso acontece pelo aumento da preferência pela compra online.

As lojas virtuais oferecem praticidade e rapidez ao público, que acaba aderindo cada vez mais à prática.

Um ponto de atenção é que a lógica da venda no meio digital é diferente da tradicional. Mais do que “empurrar” um produto, o vendedor precisa entender a necessidade do cliente.

É o que explica Giovanni Del Negro, Head de Produto da Gama Academy. Segundo o profissional, todo vendedor tradicional em algum momento precisará migrar para o mercado digital.

Isso não quer dizer que todos terão que trabalhar em empresas de tecnologia, mas que precisarão atualizar as técnicas de vendas dentro de uma nova lógica de mercado.

Confira a entrevista completa do Giovanni Del Negro na série Carreiras Digitais com a Gama Academy.

Quais são as habilidades para ser um vendedor digital?

Giovanni explica que o profissional de vendas digitais não atua igual um vendedor tradicional, tentando vender o produto de qualquer maneira.

Sabe quando o cliente chega na loja querendo comprar um tênis, e o vendedor consegue convencê-lo a levar uma jaqueta? Pois a venda no mercado digital não funciona dessa forma.

Antes de tudo, o vendedor precisa entregar valor para o cliente e entender a necessidade dele. Por isso, assim como em outras profissões do futuro, algumas habilidades comportamentais (soft skills) e técnicas (hard skills) são importantes.

1. Empatia

Para que você entender o seu cliente, é preciso saber se colocar no lugar dele. Ser empático é conseguir sentir a dor de outra pessoa, para assim poder vender a solução.

2. Escuta ativa

O vendedor é muito conhecido por ter “lábia” e conseguir falar, mas também é preciso saber ouvir. Até mesmo para conseguir saber a necessidade do seu cliente.

Manter a escuta ativa é uma qualidade importante para um bom profissional. É necessário deixar o cliente falar para tornar a venda ainda mais construtiva.

3. Coachability

Coachability é saber receber feedbacks e usá-los para melhorar. Dessa forma, é possível evoluir enquanto profissional e aprender com tudo, inclusive os erros.

O head acrescenta que é preciso ser fast learner – aprendiz rápido, em tradução do inglês.

4. Resiliência

Saber lidar com problemas, enfrentar adversidades e resistir à pressão são qualidades fundamentais para um bom vendedor.

5. Pensamento analítico

O vendedor não vai se basear apenas em número de vendas, é preciso saber analisar outros pontos, como tempo de conversão, por exemplo.

Por isso, é importante saber analisar métricas e números. Esses conhecimentos trarão ideias para otimizar o processo e vender mais.

6. Comunicação

Comunicação, segundo Giovanni, é o que o outro escuta. Portanto, mais do que falar bem, é preciso saber como ser entendido.

7. Metodologias de vendas

É preciso conhecer as técnicas de vendas. Para aprofundar o conhecimento, você pode buscar aprender mais sobre frameworks e gatilhos mentais.

8. Conhecimento em marketing

Marketing e Vendas estão atrelados, portanto, saber sobre técnicas de marketing vai ajudar no seu desenvolvimento profissional.

9. Métricas

Não só o pensamento analítico que é necessário, a técnica de saber interpretar métricas e dados também é importante para o vendedor.

10. Técnicas de produtividade

Assim como em qualquer profissão, a produtividade é um fator importante. Não adianta ter conhecimentos e não conseguir produzir ou, nesse caso, vender.

Habilidades necessárias para trabalhar com vendas digitais

Por que habilidades técnicas e comportamentais são importantes para um vendedor digital?

Segundo Giovanni, “as hard skills contratam, mas as soft skills demitem”.

Isso quer dizer que é possível conseguir emprego com conhecimentos técnicos, mas, se você não tiver algumas habilidades comportamentais, não conseguirá se manter.

O profissional pode ter técnica, mas se não tiver um bom relacionamento interpessoal, por exemplo, é bem provável que seja demitido.

Por isso, é necessário desenvolver os dois tipos de habilidades. Isso vai o tornar um profissional mais completo.

Como desenvolver as habilidades de um bom vendedor digital?

O especialista conta que o primeiro passo é procurar quem pode oferecer esse tipo de aprendizado.

A Gama Academy oferece um curso voltado para profissionais que desejam ingressar na área de vendas digitais.

Mas, além disso, é preciso estar sempre buscando conhecimentos. Leitura e pesquisa são fundamentais e devem se fazer presentes em toda a sua vida profissional.

“É um processo de estudo constante”, pontua Giovanni Del Negro. Além disso, o head indica a busca por referências, que pode ser feita em:

Ele complementa dizendo que “vendas é estudo, é ciência”. Portanto, é necessário entender que vender não é só bater metas.

Quais as principais dificuldades da área de vendas?

Para os vendedores tradicionais que querem migrar para uma carreira Digital, a principal dificuldade é conseguir “desaprender” para aprender novamente.

Giovanni explica que é preciso quebrar certas resistências, principalmente para poder se atualizar e rever hábitos antigos.

Já para quem não é da área, pode acabar criando empecilhos achando que não sabe vender, o que, segundo o especialista, é um mito.

A gente se vende a todo momento. Quando você conversa com alguém, você está se vendendo, então todos têm uma veia de vendas dentro de si, explica.

Para os dois casos, a dica é sempre procurar estudar e se atualizar. Muito se fala sobre o dom, mas de nada adianta se você não souber aplicar seus dons.

Além disso, Giovanni explica que vender não é dom, é técnica. O que quer dizer que é possível sim desenvolver.

Curso de Vendas da Gama Academy

Casos de sucesso na área de Vendas Digital

Giovanni conta que atua há vários anos na área de Vendas e já chegou a perder tudo: dinheiro, carro, apartamento…

Mas ele conseguiu se reerguer dentro do mercado de Vendas. Há alguns anos ele fez a transição para o Digital e começou realizando um curso da Gama Academy.

No mercado Digital, ele relata que chegou a trabalhar em grandes empresas e startups, até chegar o convite para atuar na área de Produto.

Em uma dessas empresas, conheceu um profissional formado em Educação Física, que jamais havia trabalhado com Vendas.

Segundo Del Negro, hoje, esse educador físico de formação é o melhor consultor de vendas da empresa. O segredo: resistência!

O Head de Produto da Gama Academy faz uma analogia entre a palavra “desistir” e “resistir”, e conta que para alcançar o sucesso é preciso apenas trocar o “d” pelo “r”.

Ele afirma que não se deve colocar na cabeça que não sabe fazer algo. A dica é procurar aprender e pedir ajuda.

Uma sugestão é ter mentores que vão auxiliar no início de carreira digital. Você pode procurar por profissionais no LinkedIn e pedir por uma mentoria.

Por fim, para quem pensa em ingressar na área, Giovanni pede para não olhar a venda como algo que restou.

Quando se tem esse tipo de pensamento, as coisas dificilmente dão certo. Olhe para a área de Vendas como uma oportunidade concreta.

Confira o curso de Vendas (Inside Sales) da Gama Academy e aprenda mais sobre essa área.

Acompanhe a série Carreiras Digitais da Folha Dirigida

Série Carreiras Digitais


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *