fbpx

Concursos 2021/ 2022: como aproveitar estudos?

Todo futuro servidor faz planos. Mesmo que no caminho surja uma reprovação, ela faz parte e não significa o fim. Se isso aconteceu esse ano, já pode pensar em como aproveitar os estudos dos concursos 2021 para 2022.

E vamos te ajudar! Segundo o professor da Folha Cursos, Alexandre Prado, o primeiro passo é saber identificar para qual área você está estudando. Assim, você perceberá para quais concursos é possível redirecionar sua preparação.

Você confere agora as dicas do Especialista, transmitido no canal da Folha Dirigida, para converter os estudos dos concursos 2021 para os concursos de 2022.

Como identificar para qual área estou estudando?

Antes de tudo, você precisa compreender que os concursos públicos são divididos por áreas. Algumas delas são:

  • Judiciária: Ministério Público, Tribunais de Justiça, Defensoria Pública e Procuradorias
  • Policiais: polícias militares, polícias civis, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal e Polícia Ferroviária Federal
  • Fiscalização e gestão: auditores fiscais, analistas fiscais, analistas de agências reguladoras, Ibama, entre outros
  • Administrativa: técnicos administrativos e analistas administrativos sem especialidade
  • Bancária: Banco do Brasil, Caixa, entre outros bancos estaduais

Com essas informações em mente, fica mais fácil compreender como e para qual concurso redirecionar os seus estudos.

Exemplos de áreas com conteúdo programático semelhante

Por exemplo, alguém que está estudando para o Banco Central está mais próximo da área Administrativa do que da Bancária, pois o Bacen é um órgão de Controle.

Por outro lado, quem está se preparando para técnico do INSS, poderia facilmente direcionar a preparação para alguma agência reguladora, devido à quantidade de matérias parecidas, principalmente na área Administrativa.

Depois de entender isso e conseguir aplicar aos seus estudos, é normal que o candidato comece a passar em vários concursos, um seguido do outro.

Isso porque o estudo bem direcionado traz bons resultados. Ainda que estudar seja cansativo, principalmente quando se trata de matérias que não são do seu interesse ou não tem familiaridade.

A pergunta que você tem que se fazer é: com esse conteúdo que aprendi agora, para onde vou?

Ao ter essa consciência, é possível mudar o concurso dentro da área. Assim, são aproveitadas a maior parte das disciplinas que você estudou, com uma alteração ou outra.

Segundo Prado, a média de aproveitamento é de cerca de 60%.

Esse tipo de aproveitamento é possível principalmente em carreiras de nível médio para área administrativa. Dentro desse espectro, é possível construir um estudo de base para diversos concursos, que sofre pequenas alterações de acordo com cada edital.

Concursos 2021 x 2022: Área Policial

Na área Policial, algumas matérias que são pedidas em alguns concursos não aparecem em outros. É o caso de disciplinas como Raciocínio Lógico, Matemática, Informática e Processo Penal.

Polícia Federal x PC RJ x PC SP x PC BA

Prado citou como exemplo a prova de agente da PF deste ano, em que caíram as disciplinas de:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Legislação Especial
  • Noções de Direito Penal e de Direito Processual Penal
  • Estatística
  • Raciocínio Lógico
  • Informática
  • Contabilidade Geral

Já para inspetor da PC RJ, cargo que também é de nível superior, são as seguintes matérias, que também são cobradas para investigador, carreira de nível médio na corporação:

  • Língua Portuguesa
  • Conhecimentos Específicos (Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Leis Especiais, Direito Processual Penal)
  • Conhecimentos Básicos de Informática

Por fim, para investigador PC SP, cargo que também é de nível superior, foram cobradas as seguintes disciplinas no último concurso de 2018, que podem ser usadas como referências enquanto o edital 2022 não é publicado:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Direito
  • Noções de Criminologia
  • Atualidades
  • Noções de Lógica
  • Noções de Informática

Percebeu que os três concursos têm diversas matérias em comum? A ideia é justamente que esses estudos sejam reaproveitados, com as devidas adaptações e formas de cobrança de cada banca.

A PF teve a Cebraspe como banca, a PC RJ é a FGV e a PC SP, a Vunesp. Vale lembrar que o conteúdo é o mesmo: o que muda é a forma de cobrança, que será percebida na hora do estudo com questões de cada organizadora.

Esses estudos podem ainda ser aproveitados para a Polícia Civil da Bahia. No concurso para investigador, na parte de Conhecimentos Gerais, caem as seguintes matérias:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Atualidades
  • Promoção da Igualdade Racial de Gênero
  • Medicina Legal
  • Noções de Administração
  • Leis Específicas

Já em Conhecimentos Específicos, as disciplinas são:

  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Legislação Penal Extravagante
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo

Ao todo, são sete disciplinas em comum entre os quatro concursos, além de Raciocínio Lógico, que não é cobrado apenas na Polícia Civil RJ.

Também é válido ressaltar que as legislações específicas variam de um estado para o outro. Porém, a estrutura é a mesma, o que já ajuda na hora de pegar para estudar na sua preparação.

Concursos 2021 x 2022: Áreas Fiscal e de Controle

Na área Fiscal, a questão se é possível aproveitar os estudos aparece nas Secretarias de Fazenda estaduais, como dos estados de Roraima e Ceará, para concursos federais, como Receita Federal e Controladoria-Geral da União – esta da área de Controle.

Para o concurso de auditor da Sefaz CE, as disciplinas em Conhecimentos Específicos foram de acordo com a especialidade. Além disso, teve as seguintes matérias em Conhecimentos Gerais:

  • Administração Pública
  • Ética na Administração Pública
  • Sociologia do Direito
  • Educação Fiscal
  • Finanças Públicas
  • Legislação Tributária do Ceará
  • Economia Brasileira
  • Matemática e Raciocínio Lógico
  • Informática

Já para o concurso de auditor da Sefaz RR, além das disciplinas de Conhecimentos Específicos de Direito Tributário e Legislação Tributária, em Conhecimentos Gerais teve:

  • Língua Portuguesa
  • Direito Penal
  • Administração Pública e Economia
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Matemática e Estatística
  • Direito Civil e Direito Empresarial
  • Contabilidade

Receita Federal e CGU

Para auditor fiscal da Receita Federal, enquanto não é publicado um novo edital, a solução é usar como referência o último de 2014.

  • Conhecimentos Gerais:
    • Língua Portuguesa
    • Espanhol ou Inglês
    • Raciocínio Lógico-Quantitativo
    • Administração Geral e Pública
    • Direito Constitucional
    • Direito Administrativo
  • Conhecimentos Específicos:
    • Direito Tributário
    • Contabilidade Geral e Avançada
    • Comércio Internacional e Legislação Aduaneira
    • Legislação Tributária
    • Auditoria

Já na CGU, tomando como referência o edital de 2012, a prova de auditor de controle teve três partes e a primeira, matérias foram:

  • Conhecimentos Gerais:
    • Língua Portuguesa
    • Espanhol ou Inglês
    • Raciocínio Lógico-Quantitativo
    • Administração Geral e Pública
  • Conhecimentos Específicos:
    • Direito Constitucional
    • Direito Administrativo
    • Administração Financeira e Orçamentária
  • Conhecimentos Especializados:
    • Contabilidade Pública
    • Políticas Públicas
    • Auditoria em Tecnologia da Informação
    • Conhecimento de Banco de Dados
    • Técnicas de Controle

Com isso, podemos perceber que os estudos para a CGU são muito mais aplicáveis à Receita Federal, devido a quantidade de matérias semelhantes. Principalmente quando vemos as diferenças entre os concursos estaduais e federais.

Por outro lado, quem fez os concursos para as Secretarias de Fazenda estaduais consegue aproveitar melhor os estudos se quiser se preparar para a Receita, devido ao teor das provas.

Vale lembrar que todo estado tem uma Secretária de Fazenda. O mesmo vale para os municípios. Portanto, esses estudos ainda podem ser reaproveitados para esses órgãos. Não perca essa perspectiva!

Concursos 2021 x 2022: Área de Tribunais

No caso da área de Tribunais, os destaque são para os concursos TJ RJ, TJ DFT, TJ MG e TRE SP.

Para o TJ do Rio de Janeiro, a prova de 2021 para técnico judiciário tem:

  • Conhecimentos Gerais:
    • Língua Portuguesa
    • Ética no Serviço Público
    • Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência
    • Legislação Especial
  • Conhecimentos Específicos:
    • Noções de Direito Administrativo
    • Noções de Direito Constitucional
    • Legislação
    • Noções de Direito Processual Civil
    • Noções de Direito Processual Penal

No Distrito Federal e no TRE, esses conteúdos são um pouco diferentes.

Para o TJ do Distrito Federal, segundo o edital de 2015, as matérias de técnico foram:

  • Conhecimentos Básicos:
    • Língua Portuguesa
    • Ética no Serviço Público
    • Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência
    • Legislação Especial
  • Conhecimentos Específicos
    • Noções de Direito Constitucional
    • Noções de Direito Administrativo
    • Regimento interno do TJ DFT
    • Noções de Direito Civil
    • Noções de Direito Processual Civil
    • Provimento Geral da Corregedoria Aplicado aos Juízes e aos Ofícios Judiciais
    • Noções de Direito Penal
    • Noções de Direito Processual Penal
    • Organização Judiciário do Distrito Federal e Territórios

No TJ de Minas Gerais, a divisão foi bem parecida. As disciplinas específicas também foram de acordo com a especialidade. Em Conhecimentos Básicos, a prova teve:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Noções de Direito

Por fim, no TRE SP, as disciplinas cobradas para analista e técnico, em 2016, foram:

  • Língua Portuguesa
  • Informática
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
  • Regimento Interno
  • Código de Ética
  • Estatuto da Pessoa com Deficiência
  • Direito Eleitoral
  • Plano Estratégico do TRE SP
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo

Como são os concursos de tribunais?

Segundo Prado, para quem fez TJ RJ, como os outros tribunais pedem disciplinas muito específicas, ele indicaria direcionar a preparação para a Procuradoria Geral e Defensoria Pública, também do Rio de Janeiro.

Ambos estão previstos.

“Você já está muito mais preparado para esses concursos. Então, é melhor do que tentar um concurso muito diferenciado, como por exemplo um tribunal especializado”, justifica o professor. “Tente sempre fazer concursos que são correlatos aos seus.”

Concursos 2021 x 2022: Área Administrativa

No caso da área Administrativa do Rio de Janeiro, vale verificar se estudos como os dos concursos para assistente administrativo da Uerj e do IFRJ podem ser aproveitados para outras instituições de ensino.

Na Uerj, as disciplinas foram:

  • Língua Portuguesa
  • Informática
  • Legislação (Direito Administrativo e Direito Constitucional)
  • Matemática

Já na prova do IFRJ, caíram questões sobre:

  • Língua Portuguesa
  • Informática
  • Legislação
  • Ética
  • Conhecimentos Específicos

Para o concurso da UFRJ, que ainda está por vir, a referência é o edital anterior, de 2017:

  • Língua Portuguesa
  • Legislação
  • Noções de Informática
  • Raciocínio Lógico

INSS x Polícia Federal x Ibama x ICMBio

Alguns desses estudos podem ser aproveitados até mesmo para o próximo concurso de técnico do INSS, ainda que o concurso exija em sua maior parte estudos específicos para o órgão.

Segundo o último edital, de 2015, as disciplinas cobradas para a carreira são:

  • Língua Portuguesa
  • Legislação
  • Noções de Informática
  • Raciocínio Lógico
  • Ética no Serviço Público
  • Regime Jurídico Único
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Conhecimentos Específicos

Na prova de 2013 para agente administrativo da Polícia Federal, as disciplinas cobradas foram:

  • Conhecimentos Básicos:
    • Língua Portuguesa
    • Noções de Informática
    • Raciocínio Lógico
    • Atualidades
    • Direito Administrativo
    • Direito Constitucional
  • Conhecimentos Específicos:
    • Administração Pública
    • Administração Financeira e Orçamentária
    • Legislação Aplicada à Polícia Federal
    • Administração de Recursos Materiais
    • Arquivologia

Tanto para técnico quanto para analista, no ICMBio em 2014, além dos Conhecimentos Específicos por especialidade, foram cobradas como Conhecimentos Básicos:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Atualidades;
  • Legislação
  • Ética no Serviço Público

No caso do cargo de técnico do Ibama, em 2012, foram cobradas em Conhecimentos Básicos, além dos Conhecimentos Específicos:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Atualidades
  • Matemática
  • Ética no Serviço Público

Segundo Prado, para quem estava estudando para concursos federais, vale muito a pena se dedicar ao Ibama. Para o cargo de analista no órgão, as disciplinas cobradas foram:

  • Conhecimentos Básicos:
    • Língua Portuguesa
    • Atualidades
    • Ética no Serviço Público
    • Direito Constitucional
    • Direito Administrativo
    • Legislação do Meio Ambiente
  • Conhecimentos Específicos:
    • Licenciamento ambiental
    • Monitoramento, Regulação e Controle
    • Fiscalização e Auditoria Ambiental
    • Gestão, Proteção e Controle da Qualidade Ambiental

Concursos 2021 x 2022: Área Bancária

Por fim, na área Bancária, as disciplinas do concurso do Banco do Brasil servem também como base para outros concursos de bancos. No BB, a prova de 2021 teve questões de:

  • Conhecimentos Básicos:
    • Língua Portuguesa
    • Língua Inglesa
    • Matemática
    • Atualidades do Mercado Financeiro
  • Conhecimentos Específicos:
    • Matemática Financeira
    • Conhecimentos Bancários
    • Conhecimentos de Informática
    • Vendas e Negociação

Esses foram apenas alguns exemplos de estudos dos concursos de 2021 que podem ser aproveitados para os concursos 2022.

Se ainda ficou dúvida, o professor Alexandre Prado indica utilizar editais verticalizados para fazer esse panorama sozinho com outras provas. Além disso, também facilita sempre revezar entre órgãos da mesma área.

Comece já a reaproveitar os seus estudos!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *