fbpx

Concurso PMERJ 2022 para soldado: tudo que você precisa saber

O próximo concurso PMERJ 2022 para soldado já tem previsão de edital para agosto, com provas ainda em 2022. Você já sabe como se preparar?

Ao anunciar o concurso para a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o governador Cláudio Castro informou que as provas serão realizadas ainda em 2022.

Em seguida, o comando da Polícia Militar revelou que a aplicação deve ocorrer após as eleições de outubro.

Você tem interesse nesse concurso? Confira abaixo tudo que sabemos sobre ele até agora!

concurso pmerj 2022 soldado

Com um novo concurso para abrir, o sonho de se tornar soldado da PMERJ pode estar próximo de se realizar (Foto: Unsplash)

Concurso PMERJ 2022: soldado

Via de regra, um dos principais requisitos para os concursos das polícias militares é a faixa etária. A idade no concurso PMERJ exigida no ato da posse para os aprovados é entre 18 e 32 anos. Outros requisitos para a posse no cargo são:

  • Ensino médio completo
  • Altura mínima de 1,60m para as mulheres e de 1,65m para os homens
  • CNH na categoria B ou superior

A remuneração é de R$3.452,55 para o cargo de soldado.

Tradicionalmente, os concursos para soldado da PMERJ são compostos por sete etapas:

Os aprovados também são submetidos a curso de formação profissional. Essa estrutura deve ser mantida no próximo edital. Contudo, devem acontecer atualizações no conteúdo programático das provas.

Em abril de 2022, o governador Cláudio Castro sancionou a lei 9.614/2022, que fala sobre a obrigatoriedade de três leis nas provas dos concursos para Polícia Militar do estado.

O conteúdo programático da nova seleção para soldados já deve vir com essa exigência. As leis que devem ser abordadas nas questões de prova são:

  • Lei Maria da Penha – Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
  • Estatuto do Idoso – Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003
  • Estatuto da Inclusão da Pessoa com Deficiência – Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015

Último concurso PMERJ

O último concurso para soldado da PMERJ aconteceu em 2014, com organização da banca Exatus. Na prova objetiva, o conteúdo foi:

  • Língua Portuguesa: 10 questões
  • História: cinco questões
  • Geografia: cinco questões
  • Sociologia: cinco questões
  • Legislação de Trânsito: cinco questões
  • Informática: cinco questões
  • Direitos Humanos: cinco questões

Os candidatos tiveram ainda que fazer uma redação de 20 a 30 linhas. Foram corrigidas 30 mil provas discursivas.

Como a Polícia Militar é responsável pelo policiamento ostensivo, essa necessidade do esforço físico justifica o limite de idade. No TAF, os candidatos do sexo masculino tiveram:

  • 2 repetições de tração na barra fixa
  • 35 abdominais do tipo remador
  • Corrida de 2.200m em 12 min

Já o TAF feminino foi composto por:

  • 15 flexões de braços e antebraços
  • 25 abdominais do tipo remador
  • Corrida de 1.800m em 12 min

O último edital contou com 6 mil vagas para soldados da PMERJ, sendo 5.400 para homens e 600 para mulheres. Pela natureza do cargo, não houve reserva para pessoas com deficiência.

As avaliações objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, foram realizadas em agosto de 2014, somente dois meses após a divulgação do edital.

Concurso PMERJ 2022: o que estudar para soldado?

Como até o momento não foram divulgadas novidades sobre o conteúdo do novo edital, no momento, a melhor solução é usar o anterior como referência para os estudos. Confira as dicas dos professores para estudar!

O que estudar em Direitos Humanos para o concurso de soldado da PMERJ?

Conforme o que foi pedido em Direitos Humanos no último edital para soldado da PMERJ, o professor Glaydson Ferreira recomenda que o candidato tenha um estudo embasado na leitura dos dispositivos da Constituição Federal, mais especificamente o artigo 5º, grande campeão de questões e pegadinhas.

Além disso, ele também aconselha a leitura de trechos da obra indicada no edital. “Ou, subsidiariamente, a leitura de uma boa síntese sobre o tema constante na obra, qual seja, polícia e Direitos Humanos”, acrescenta.

Outro ponto importante de se levar em conta é que, as últimas provas, enfatizaram a parte de penas e outros aspectos criminais, presentes nos incisos III, XLVI, XLVII, XLVIII, XLIX do Artigo 5º, entre outros.

Por isso, tê-los bem memorizados é um grande diferencial para a prova.

O que estudar em Português e Redação para o concurso de soldado da PMERJ?

Como ainda não há uma banca definida, a professora Thais Batista recomenda que o candidato baseie os estudos no conteúdo programático do último edital.

Ela indica que o futuro servidor estude os seguintes conteúdos com afinco:

  • Morfologia
  • Sintaxe
  • Coesão
  • Coerência

“Alcançar uma boa nota em redação é fundamental para a nota final”, ela acrescenta.

Você pode gostar...

1 Resultado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *