fbpx

Como treinar para o TAF de concursos públicos?

Compartilhe o conteúdo

Mais do que as matérias cobradas nas provas escritas, muitos candidatos ainda têm um grande desafio: treinar para o TAF de concursos públicos.

Por não ser uma etapa muito discutida quando se fala em preparação para concursos, o Teste de Aptidão Física gera muitas dúvidas na hora de praticar.

E você não pode negligenciá-lo. Sabe o motivo? O TAF também reprova candidatos.

Por isso, além de se preocupar com o conteúdo da prova objetiva, caso o seu concurso tenha a etapa física, a preparação deve começar bem antes.

O professor de Educação Física Elon Junior, autor do livro “Preparação Física para Concursos” e com mais de 15 anos de atuação na área, destaca que os candidatos não podem encarar a preparação física como uma perda de tempo.

Preparação TAF

Estar bem preparado para o TAF é determinante para a aprovação do candidato (Foto: Unsplash)

O que você encontrará neste post:

1. O que é o Teste de Aptidão Física?
2. Como treinar para o TAF?
3. Quanto tempo antes devo começar a preparação para o TAF?
4. Quais são as bancas com TAF mais difícil?
5. Principais concursos com a etapa de teste físico

O que é o Teste de Aptidão Física?

O Teste de Aptidão Física é uma etapa de seleção para determinados concursos públicos e é garantida por lei nesses casos.

A convocação costuma ocorrer após a avaliação teórica (provas objetiva ou discursiva), apenas para os aprovados nessa primeira etapa.

A cobrança também costuma ser feita em níveis diferentes para candidatos e candidatas. (Mas há exceções, como o professor aponta abaixo.)

Em geral, um Teste de Aptidão Física pode solicitar de seus candidatos exercícios como:

  • Barra
  • Flexão de braço
  • Abdominal
  • Natação
  • Corrida de velocidade
  • Corrida de resistência

Em alguns casos, como do concurso da Polícia Legislativa, ainda é exigida uma avaliação funcional que verifica o percentual de gordura do candidato.

Como treinar para o TAF de concursos?

Atualmente, segundo Elon Junior, dados mostram que a reprovação na parte física chega a 40% dos candidatos.

Esse números são bem alarmantes e demonstram o porquê devemos alertar os concurseiros da importância de planejar a preparação para essa etapa.

“Os concurseiros ainda possuem uma postura muito equivocada em procurar a preparação física somente após a aprovação na parte intelectual (prova objetiva)”, explica Elon Junior.

O candidato deve ter a consciência de que precisa treinar em concomitância com a parte intelectual. Assim, ele terá o benefício na parte teórica e a maior certeza de aprovação na parte física.

Estudos comprovam que quanto melhor for o condicionamento físico do candidato, maior será o benefício observado na parte cognitiva.

🏋️ Como atividade física pode ajudar nos estudos?

Isso se dá pela liberação de hormônios no ato da prática de exercícios físicos, possibilitando maior capacidade de retenção dos conteúdos estudados. Dessa forma, a dica do professor Elon é:

Não procrastine e não tenha o pensamento derrotista.

Um exemplo disso é ser negativo ao ponto de achar que não irá passar nem na primeira etapa e, por isso, não se preparar o suficiente para o TAF.

Pense que você irá conseguir passar por essa fase e, em consequência, deverá estar pronto para o teste físico.

Quanto tempo antes devo começar a preparação?

O tempo ideal, segundo o professor, é iniciar a preparação de 3 a 6 meses antes da prova, pelo menos.

Elon Junior também destaca que cada pessoa tem suas particularidades físicas. Por isso, devemos levar em conta um série de fatores, como:

  • Estado físico do candidato
  • Sedentarismo
  • Hábito de praticar exercícios físicos

Planejar com antecedência se torna ainda mais necessário quando nos deparamos com um Teste de Aptidão Física que exige diferentes modalidades de exercícios.

A preparação não deve começar quando o edital sai. É importante treinar com antecedência e especificidade, recomenda Elon Junior.

Principalmente porque, após o resultado da prova objetiva, normalmente o intervalo de tempo até a prova do TAF é de cerca de seis semanas.

O que representa um curto espaço de tempo para aprender ou planejar qualquer preparação. Portanto, fique alerta e conheça a banca do concurso que você irá prestar. Você sabe quais são as mais complexas?

Quais são as bancas com TAF mais difícil?

A maioria dos candidatos, segundo o professor, aponta o Cebraspe, antigo Cespe/UnB, como a mais difícil para o teste físico.

A prova disso é que essa é a banca que normalmente aplica provas para a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dois dos concursos mais difíceis do país e carreiras que exigem muito fisicamente dos seus servidores.

Você sabia que deve apresentar atestado médico na hora do TAF?

Entretanto, o professor considera que a mais difícil é a do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro.

O motivo? O concurso do Corpo de Bombeiros cobra os mesmos testes e os mesmos índices para homens e mulheres.

Elon Junior ainda destaca que o Cebraspe respeita as diferenças fisiológicas entre os candidatos, o que é um ponto positivo.

Elon Júnior

Elon Junior diz que a preparação com excelência deve incluir a parte física, estratégica e emocional (Foto: Ana Clara Frontelmo)

Mas, sinaliza aos candidatos que estão se preparando que, de forma geral, a preparação para o TAF está ficando cada vez mais difícil.

As bancas estão se capacitando cada vez mais, aplicando provas mais rebuscadas e com índices mais altos.

Porém, a falta de experiência dos avaliadores tem causado alguns problemas nesse progresso. Além disso, muitas ocorrências de locais inapropriados para aplicação.

“Há uma deficiência na capacitação dos funcionários avaliadores”, explica o professor.

Dessa forma, o professor destaca que é possível ver uma tentativa de melhoria dessa aplicação, colocando testes correlativos com a função.

Porém, as bancas precisam melhorar nesses aspectos para aumentarem o grau de cobrança.

Assim, o professor afirma que para uma preparação com excelência, é preciso não somente atenção à parte física, mas à estratégica (que envolve pensar nas lacunas deixadas pelos editais) e emocional (para lidar com os possíveis erros e inseguranças da banca).

Principais concursos com a etapa de teste físico

Os interessados em realizar um concurso público não encontram o TAF em qualquer edital. Normalmente, essa cobrança é associada um cargo que exige em sua função a necessidade de um maior vigor físico, como as carreiras policiais.

Dessa forma, o Teste de Aptidão Física vem para garantir que esse futuro(a) servidor(a) esteja apto a realizar as atribuições que constam em lei do respectivo cargo.

Os concursos que solicitam o TAF normalmente são das áreas de Segurança e Militar, como:

🔒[Exclusivo assinantes FD]: Como treinar para o TAF do Depen 2020?

É importante que o candidato sempre consulte o edital para verificar se nas etapas do concurso desejado existe alguma que seja referente ao TAF.

Pois, além das áreas citadas acima, existem concursos fora dessas áreas que também solicitam o TAF. Um exemplo é a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb).

Assinatura Folha Dirigida


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Alva Manross disse:

    Estimei esse site. a idéia é exageradamente expedito. Vou revir mais vezes.

    • Folha Dirigida disse:

      Olá, Alva. Ficamos contentes que esteja gostando do nosso conteúdo! Caso tenha alguma sugestão, pode entrar em contato conosco. Abraços, Blog FD.

  2. Denilson JANES Simões disse:

    Muito bom mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *