fbpx

Como passar em concursos Fiscais?

Você sabe como passar em concursos fiscais, futuro servidor?

De início, saiba que a área Fiscal é uma das mais cobiçadas em concursos públicos. Afinal, são diversas possibilidades de seleções em nível municipal, estadual e federal.

Além isso, os altos salários e não ter como requisito uma graduação específica chamam muito a atenção.

Porém, isso não significa que seja fácil. Pelo contrário. Mas também não quer dizer que qualquer um não possa aprender!

Pensando nisso, o professor de Contabilidade da Folha Cursos, Eugênio Montoto, preparou um e-book gratuito sobre como passar em concursos Fiscais.

área fiscal

A matéria de Contabilidade não é cobrada apenas em concursos da área Fiscal e possui peso grande em algumas seleções (Foto: Pexels)

Concursos que cobram Contabilidade

Logo no início do e-book, o professor Eugênio apresenta alguns dos concursos que cobram Contabilidade.

No entanto, eles não estão apenas dentro da área Fiscal. Segundo o professor, a matéria apresenta grande peso em seleções muito concorridas pelo país:

  • Auditor-fiscal da Receita Federal (2014): 20 questões, 19% dos pontos da prova
  • Analista fiscal de Rendas do Estado de São Paulo Sefaz-SP (2013): 40 questões, 19,12% dos pontos da prova
  • Auditor-fiscal de Rendas do Estado de Santa Catarina Sefaz-SC (2018): 45 questões, 23% dos pontos da prova
  • Agente da Polícia Federal (2018): 24 questões, 20% da nota da prova

Apesar de aparecer em diversos concursos, é uma matéria em que os futuros servidores costumam apresentar dificuldade.

Por isso, ir bem nela é um grande diferencial para ser classificado. E no futuro, aprovado.

Como se preparar para concursos fiscais?

Após decidir para qual concurso você quer se preparar, Eugênio Montoto divide o caminho para o sucesso em quatro pilares:

  1. Ter consciência das suas limitações e capacidades para aprender
  2. Ter um método de aprendizagem
  3. Preparação física e mental
  4. Capacidade de automotivação

No e-book, ele explica como passar por essas quatro etapas. Em síntese, para cada uma consta um capítulo próprio.

cta fiscal

1# Ter consciência das suas limitações e capacidades para aprender

Neste capítulo, o professor Eugênio explica porque é tão importante fazer resumos e revisões após assistir uma aula. Principalmente, porque é durante o sono que o cérebro processa a informação aprendida.

Ele afirma que o segredo está em aprender a aprender sozinho. Para isso, o autoconhecimento é fundamental. Dessa forma, conseguirá entender qual método de aprendizagem funciona melhor para você.

Sobretudo, tenha em mente que será necessário ter uma boa compreensão de algumas matérias. Por exemplo, Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, que aparecem em quase todos os concursos.

Também é de grande importância ter bons materiais de apoio. Por exemplo, videoaulas com professores experientes. Também são importantes livros especializados no assunto.

→ Quer acesso a videoaulas para estudar para carreiras Fiscais? Descubra aqui.

2# Método de aprendizagem

Conforme explicado no capítulo anterior, cada aluno aprende melhor com um método diferente. No entanto, o método precisa também pensar em capacidades como:

  1. Concentração (saber se concentrar e não se distrair facilmente)
  2. Saber ler
  3. Anotações, esquemas e resumos
  4. Desenvolver sua capacidade de memorizar
  5. Plano de estudo e ciclo de estudo
  6. Encontrar os professores assertivos e literatura adequada
  7. Possuir uma sistemática de autoavaliação

No e-book, disponível gratuitamente, o professor explica como incluir cada um dos itens na sua metodologia e rotina de preparação.

3# Preparação física e mental

Não existe uma boa preparação sem um corpo saudável. Ou seja, a preocupação com a saúde física e mental é fundamental.

Afinal, você precisa ser a melhor versão de você mesmo, em todos os aspectos. Assim, seu cérebro poderá aprender melhor e com mais eficiência.

Em outras palavras, a sua rotina também deve conter:

4# Capacidade de automotivação

Primeiramente, o fracasso faz parte do processo. Porém, também é necessário aprender. Além disso, tirar lições dele.

Portanto, faça provas de concursos reais. Ainda que não tenha dado tempo de ver todas as disciplinas. Aproveite para se avaliar naquelas que você já estudou!

Estar em condições de provas reais – ambiente, tempo e outros fatores – é muito diferente de fazer simulados em casa. No entanto, eles também são essenciais no seu estudo.

Segundo o professor Eugênio Montoto, para passar em concurso público, não basta sonhar. Para que o seu sonho de passar em concursos fiscais se realize, é preciso muito planejamento.

De acordo com ele, seus melhores alunos não são aqueles que já têm experiência com Exatas. Mas os que muitas vezes são de outras profissões. Eles vêm com:

  • Humildade
  • Disponibilidade
  • Vontade para aprender

Escolha seu objetivo com racionalidade. Depois disso, avalie suas deficiências e capacidades. Não deixe de adotar um plano de estudos. A partir deste ponto, faca nos dentes. Muita determinação e foco, fala o professor em seu e-book.

Ou seja, não tenha medo de aprender. Dedique-se ao seu sucesso. No final, dará tudo certo!

Ajudamos a esclarecer como passar em concursos fiscais, futuro servidor? Para ter acesso ao material completo e conhecer todos os aprendizados do professor Eugênio, baixe já o e-book gratuitamente!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. A definição da área é uma das etapas mais importantes na vida de um concurseiro! E ainda assim, tanta gente quer estudar sem cumprir essa etapa, como se estudassem para “qualquer concurso” que possa surgir. Muito bom artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *