fbpx

8 dicas de como fazer um currículo

Compartilhe o conteúdo

Seja para o primeiro emprego, estágio ou uma vaga de trabalho, como fazer um currículo é sempre uma dúvida para muitos candidatos.

Um fato é que o documento precisa ser feito com clareza e estar bem estruturado para apresentar aos recrutadores.

“Um bom currículo deve ser bem estruturado, com um layout onde as informações sejam claras e objetivas”, explica a gerente de Serviço & Qualidade da Adecco, Kerullen Pimenta de Sá.

Ela ainda destaca: não omita informações e todos os dados precisam ser verdadeiros, ou seja, não minta no seu currículo.

Afinal, você quer se sair bem no processo seletivo, certo?

1- Como fazer um currículo?

A gerente na consultoria de Recursos Humanos explica que a estrutura do currículo deve apresentar as informações de maneira clara e objetiva.

Kerullen Pimenta indica que os principais pontos para fazer um currículo devem ser:

– Dados do candidato: nome, telefone, e-mail, onde mora, mídias sociais
– Objetivo
– Formação acadêmica
– Idioma
– Conhecimentos
– Experiências profissionais
– Cursos extracurriculares (caso o candidato possua algum)

→ 96% dos jovens afirmaram não mentir no currículo

 

Kerullen Pimenta de Sá, gerente na Adecco, explica o modelo de currículo

2 – Tem que ter foto no currículo?

Certamente uma das maiores dúvidas na hora de fazer e enviar a candidatura para uma vaga de emprego.

A gerente na Adecco explica: a foto no currículo é opcional.

Além da fotografia, incluir resumo profissional e disponibilidade para viagens são informações também opcionais, segundo Kerullen Pimenta.

“Caso opte em colocar, a foto deve ser de preferência em um ambiente de trabalho ou mais formal, e com imagem de boa qualidade”, explica a gerente da Adecco.

3 – O que não pode faltar ao fazer um currículo?

Dois pontos são essenciais, segundo Kerullen Pimenta:

1.Objetivo
2. Atividades exercidas nos últimos empregos.

Atenção ao item número 2. A gerente explica que o candidato não deve apenas descrever as atividades, mas detalhar suas principais responsabilidades, projetos que realizou e resultados alcançados.

4 – O que colocar no objetivo profissional?

O objetivo para uma vaga de emprego deve ter suas áreas de interesse. segundo a gerente na Adecco, um exemplo é:

“Busco oportunidades na área Financeira com foco em Contas a Pagar e Receber”.

Para estágio, a recomendação é direcionar para a área de formação. Por exemplo:

“Busco oportunidades na minha área de formação em Psicologia. Considero áreas como atendimento hospitalar, clínica ou recrutamento e seleção”.

Kerullen Pimenta de Sá, gerente na Adecco, tira as maiores dúvidas de como fazer um currículo

Kerullen Pimenta de Sá, gerente na Adecco, explica que o objetivo do currículo deve ter áreas de seu interesse (Foto: Divulgação)

5 – Como fazer um currículo para primeiro emprego?

O número de jovens em busca de seu primeiro emprego é grande e, mesmo sem experiência na área, é possível fazer um currículo com bom conteúdo.

Kerullen Pimenta sugere, na parte de Experiências, que qualquer atuação profissional, formal ou não, é válida para incluir.

Muitos jovens já tiveram pequenas atuações informais, e ficam receosos de colocar no currículo, mas essas experiências podem ser consideradas.

Outras informações para incluir são projetos realizados na escola/faculdade e intercâmbios. Essas são experiências que ajudam o recrutador a avaliar conhecimentos, habilidades e competências do candidato.

6 – Quando não tenho experiência profissional, o que coloco?

Quando o candidato não tem experiência para incluir, o recomendado é incluir cursos, graduações ou especializações realizadas, assim como projetos realizados nessas formações e estágios obrigatórios.

A gerente na Adecco recomenda colocar essas informações com destaque no currículo.

Ela também cita que algumas metodologias, ferramentas ou sistemas também são importantes e podem ser mencionados na falta de experiência do candidato.

Um exemplo é a área de Tecnologia, em que conhecimentos técnicos em softwares e sistemas são essenciais e fazem diferença para a contratação.

→ 7 erros comuns em currículos e como evitá-los

7 – Existe melhor dia e horário para entregar o currículo?

Segundo Adriano Pereira, especialista em currículos do site Vagas.com, não há restrição para o horário, mas ele aponta que existem momentos que o candidato tem mais chances de ter o currículo visto. Levando em conta que empresas recebem milhares de candidaturas por dia.

Currículos que são recebidos até poucos dias após a abertura da vaga têm uma chance maior de serem lidos e aproveitados em fases seguintes, porque a competição é menor, afirma o especialista.

Se o candidato for enviar por e-mail, o especialista indica que mande pela manhã e em dias úteis, antes das 10h, quando as recrutadoras costumam iniciar o horário de trabalho e podem começar a selecionar.

8 – O que escrever em um e-mail para enviar currículo?

A mensagem do e-mail deve conter um breve resumo que explique o porquê o candidato é compatível com a vaga.

Além disso, Adriano Pereira explica que é importante o candidato indicar ao recrutador porque o currículo deve ser considerado. Lembrando, o candidato deve ser sempre objetivo.

“Um ponto que pode servir de trunfo também é usar a sua última experiência ou habilidades que você tem e possam ser úteis para o cargo. Se for o seu primeiro emprego, falar um pouco sobre sua formação é o indicado também”, explica o especialista em currículos.

*colaborou Ana Clara Frontelmo

Notícias e vagas de empregos por todo o país no site da Folha Dirigida


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *