fbpx

Como fazer uma excelente prova discursiva no concurso TJ-RJ?

Compartilhe o conteúdo

Você já deve ter se perguntado como fazer uma excelente prova discursiva no concurso TJ-RJ. Um fato é que a seleção para o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro está chegando e esse é um dos principais desafios para os futuros servidores.

Primeiro, você precisa saber que o concurso possui oportunidades para técnico judiciário, de escolaridade de nível médio, e para analista judiciário, de nível superior em diferentes especialidades.

Entretanto, para ser aprovado no cargo de analista judiciário, você também terá que realizar a etapa com a prova discursiva, além da prova objetiva.

Nesse sentido, muitas dúvidas surgem sobre como funciona essa parte do concurso TJ-RJ.

A banca responsável pelo concurso TJ-RJ 2020 é o Cebraspe (antigo Cespe), que irá preparar a prova discursiva do cargo de analista em todas as especialidades. Temida por muitos, conhecer bem a banca é determinante para seu sucesso.

📝 Você pode conferir o quadro completo na matéria exclusiva no site da Folha Dirigida.

prova discursiva tj rj

A banca responsável pelo concurso TJ-RJ 2020 é o Cebraspe (Foto: Freepik)

O que esperar da banca Cebraspe/ Cespe na redação?

Para começar, é preciso conhecer informações fundamentais sobre essa etapa. A prova discursiva valerá 40,00 pontos.

De acordo com o edital TJ-RJ 2020, essa prova consistirá de um estudo de caso para os cargos de analista judiciário.

Nas vagas de médico e médico psiquiatra, é uma redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados aos conhecimentos específicos de cada uma dessas duas especialidades.

Para os demais cargos de analista judiciário, a prova discursiva será uma redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de temas relacionados aos conhecimentos de cada cargo/ grupo/ especialidade.

📝 Como se planejar para o concurso do TJ-RJ?

Como deve ser o texto dissertativo para o TJ-RJ da banca Cebraspe?

De acordo com a professora e especialista Vivian Barros, o Cebraspe/Cespe espera um texto predominantemente expositivo. Por isso, atenção máxima em não aplicar o formato tradicional de dissertativo-argumentativo.

E entenda isso: os cuidados a serem tomados, sem dúvida, estão relacionados à estrutura do texto. Não há necessidade de aprofundar e gastar linhas com introdução e parágrafo de conclusão.

O texto dissertativo-expositivo tem como foco apresentar conhecimentos sobre um determinado assunto, sem o objetivo de convencimento com argumentos, como acontece na estrutura dissertativa-argumentativa.

Por isso, Vivian Barros explica que o Cebraspe e os examinadores estão preocupados com o desenvolvimento dos aspectos solicitados no texto.

Ou seja, o desenvolvimento dos itens, dos dados, com os fatos que você vai trazer para a sua redação para desenvolver os pontos solicitados na prova discursiva.

Em poucas palavras, o candidato deve ter em mente que quem passa em prova de concurso público é quem é estratégico.

Assim, tenha cuidado com o número de linhas e em atender o que a banca está pedindo.

Como é a prova discursiva do TJ-RJ com a banca Cebraspe?

O candidato que não conhece o formato da Cebraspe foca direto no tema da dissertação e começa a escrever sobre.

A professora Vivian afirma que esse é um erro fatal para sua avaliação.

É importante verificar qual o COMANDO do tema exposto pela banca. Esses comandos estão logo abaixo do tema e também são chamados de itens.

Cada item vem com um valor, e é necessário aplicar um desenvolvimento para cada. A sua nota sai do desenvolvimento dos tópico para compor a nota.

Dessa forma, esses itens acabam servindo de roteiro para o candidato desenvolver a redação.

No dia da prova, confira também quais itens valem mais pontos e distribua o espaço de desenvolvimento neles.

Você encontrará também na prova um texto base, que é um texto motivador para introduzir o tema. Em seguida, terá o tema principal a ser abordado no seu texto.

Logo abaixo desse ponto, você encontrará os itens a serem desenvolvidos no texto, que devem ser analisados e colocados na sua redação recebendo a devida atenção de acordo com o valor de cada.

Lembrando que: a extensão do texto é de no máximo 30 linhas. Parece muito, né?

Porém, a banca cobra muito conteúdo para ser desenvolvido. Por isso, é importante ir direto ao ponto e ser objetivo.

Não existe um mínimo de linhas, mas a professora Vivian recomenda que você escreva pelo menos 25 linhas (não está escrito no edital) para não dar a entender ao examinador que você não domina o assunto.

Mas um alerta importante: qualquer linha ultrapassada das 30 permitidas não será avaliada.

Assinatura Folha Dirigida

Quais as formas de avaliação da banca Cebraspe na prova discursiva do TJ-RJ?

De acordo com o edital atual (é importante que o candidato faça uma leitura atenta destes itens):

“11.7.1 Observadas as reservas de vagas e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados conforme os quantitativos estabelecidos no quadro constante do Anexo I deste edital.

11.7.1.1 Em atendimento ao Enunciado Administrativo nº 12 do Conselho Nacional de Justiça, de 29 de janeiro de 2009, serão corrigidas as provas discursivas de todos os candidatos que se declararam com deficiência aprovados e classificados nas provas objetivas.

11.7.2 O candidato cuja prova discursiva não for corrigida na forma do subitem 11.7.1 deste edital estará automaticamente eliminado e não terá classificação alguma no concurso.

11.7.3 A prova discursiva avaliará o conteúdo (conhecimento do tema), a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal da Língua Portuguesa. O candidato deverá produzir, conforme o comando formulado pela banca examinadora, texto dissertativo, primando pela coerência e pela coesão.

11.7.3.1 A prova discursiva de cada candidato será submetida a duas avaliações: uma avaliação de conteúdo e uma avaliação do domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

11.7.4 A prova discursiva será corrigida conforme os critérios a seguir.

  1. a) A apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada ao valor de 40,00 pontos.
  2. b) A avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos de natureza gramatical, tais como: grafia, morfossintaxe e propriedade vocabular.
  3. c) Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido.
  4. d) Será calculada, então, a nota na prova discursiva (NPD) pela fórmula NPD = NC – 8 × NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato.
  5. e) Será atribuída nota zero ao texto que obtiver NPD < 0,00.
  6. f) Nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota no texto igual a zero.

11.7.5 Será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NPD ≥ 20,00 pontos.

11.7.5.1 O candidato que não se enquadrar no subitem 11.7.5 deste edital será eliminado e não terá classificação alguma no concurso.

11.7.6 Será anulada a prova discursiva do candidato que não devolver sua folha de texto definitivo.

11.7.6.1 O candidato que se enquadrar no subitem 11.7.6 deste edital será eliminado e não terá classificação alguma no concurso”

📝 Confira o edital completo para analista judiciário do TJ-RJ

O cálculo da nota da prova discursiva é feito da seguinte forma:

NPD = NC – 8 X NE/TL

Em que:

NPD = Nota da Prova Discursiva

NC = Nota de Conteúdo

NE = Número de Erros

TL= Total de Linhas

Modelo de análise da prova discursiva:

tabela avaliacao redacao tj rj

Dúvidas comuns sobre a prova discursiva do TJ-RJ

1. Pode rasurar o texto da prova discursiva do TJ-RJ?

Pode, porém muito cuidado. Não vá realizar rasuras excessivas no seu texto. A dica da professora Vivian Barros é ter atenção na sua escrita e evitar cometer erros.

Não escreva por cima da letra errada. A banca pode considerar como erro de ortografia. Também não tente consertar com “borrões”.

Respeite os espaços, escreva até o fim da linha e de forma legível.

2. Quais os maiores cuidados na hora de realizar a escrita da prova discursiva do TJ-RJ?

  • Cuidado com o uso das vírgulas.
  • Faça um traço simples sobre a palavra errada em caso de erro.
  • Atenção extra com erros de morfossintaxe, regência verbal, concordância, emprego da crase e propriedade vocabular.

3. Quais os possíveis temas da prova discursiva para analista judiciário do TJ-RJ?

É difícil prever os temas que podem cair na prova discursiva de analista judiciário por conta da grande quantidade de conteúdos.

Porém, Vivian Barros aponta alguns assuntos que os candidatos devem ter mais atenção na hora dos estudos para prova discursiva.

  • Para o grupo de Analista judiciário – Assistente Social

Temas importantes: Assuntos de SERVIÇO SOCIAL e LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA

  • Para o grupo de especialidade Judicial – Execução de mandados, Comissário da Infância, Juventude e Idoso

Temas importantes: Assuntos de DIREITO PROCESSUAL e LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA

  • Para o cargo de analista judiciário – Sem especialidade

Temas importantes: Assuntos de DIREITO PROCESSUAL, DIREITO ADMINISTRATIVO e LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA

Agora é a sua vez de dar um gás na sua preparação! Quer saber mais sobre como fazer a Redação do Cebraspe? Confira as regras de ouro para a Redação do Cebraspe.


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Folha Dirigida disse:

    Olá, Priscila. O conteúdo foi focado mais nas matérias em comum para todas as provas, independentemente da especialidade. Mas obrigado pela sugestão de conteúdo. Vamos procurar desenvolver algo mais específico. Abraços, Blog FD!

  2. Que pena que não foram citadas dicas sobre os possíveis temas para o cargo de comissário de justiça da infância,juventude e do idoso.

  3. Kissila disse:

    Gostei muito .

    • Folha Dirigida disse:

      Olá, Kissila! Que bom que gostou. Se tiver alguma sugestão de conteúdo que possa ajudar você, entra em contato conosco. Abraços, Blog FD

  4. Post muito bom, ajudou eu atirar algumas dúvidas.
    Faz uma visita no meu vídeo que eu tenho algo bom,
    tenho certeza que você vai gostar. Acredito que vai
    te ajudar d mais.
    Deixei o endereço ai no campo site.
    Abraço.

    • Folha Dirigida disse:

      Olá, Renda Software! Que bom que o post ajudou você com suas dúvidas! Caso tenha alguma sugestão de conteúdo do seu interesse, pode entrar em contato conosco. Abraços, Blog FD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *