fbpx

Como aplicar o Método Futuro Servidor nos estudos?

Você sabe como aplicar o Método Futuro Servidor nos estudos?

Não é nada fácil passar em um concurso público. Além de ter que abdicar de algumas coisas para estudar, a rotina de preparação é intensa. Muitas vezes é difícil se manter motivado.

Mas apesar de esse ser um quadro geral, reconhecemos que cada um tem suas próprias dores e questões.

É o caso da Mariana Dantas, que por quatro anos estudou para o concurso para diplomata. De início, não foi aprovada.

Mas fez uma nova graduação em Gestão de Políticas Públicas, passou mais dois anos estudando para concurso público, até que foi aprovada na Sedest (GDF) e no Iphan, onde trabalha hoje.

Não é nada fácil passar em um concurso público. Além de ter que abdicar de algumas coisas para estudar, a rotina de preparação é intensa

Não é nada fácil passar em um concurso público. Além de ter que abdicar de algumas coisas para estudar, a rotina de preparação é intensa (Foto: Freepik)

Quando Mariana percebeu que deveria mudar sua preparação?

Formada em Relações Internacionais em 2008, ela tentou prova para a carreira diplomática até 2012. Sem sucesso, desistiu e começou uma nova faculdade em Gestão de Políticas Públicas, que terminou em 2016.

A partir daí foram dois anos estudando, até ser aprovada em dois concursos em 2018.

Ainda que tivesse experiência em estudar, a preparação para concurso público é bem diferente dos estudos exigidos pela faculdade, por exemplo. E mesmo que estivesse só estudando, Mariana Dantas tinha algumas dificuldades como:

  • Estudar e parar
  • Não evoluir na matéria
  • Não ter noção do que era importante
  • Dedicar muito tempo às matérias que gostava e deixar outras de lado

Diante das suas dificuldades, Mariana recorreu a uma mentoria com o professor Leonardo Murga para ajudá-la a ter um direcionamento nos seus estudos com um método que fosse eficiente.

Ela não sabia ainda, mas naquele momento ela teve contato com o que seria o princípio do Método Futuro Servidor, no qual o professor Murga é um dos idealizadores, junto da Folha Dirigida.

Como o ciclo de estudos pode ajudar na preparação para concurso?

Identificou-se com as dificuldades de Mariana? Elas são mais comuns entre os estudantes de concurso do que você pode imaginar.

É normal sentir confusão quanto ao que estudar em meio a tantas disciplinas, além de se apegar mais a umas do que outras.

Por isso, uma metodologia indicada é estudar por meio de ciclo de estudos, em que as disciplinas do concurso ficam divididas em três ciclos com três blocos cada, separadas por semelhanças entre si.

Essa divisão é muito importante, porque ajuda o cérebro a entender a multidisciplinaridade entre as matérias. Isso facilitará os seus estudos e pode ser importante até mesmo na hora da prova!

A ideia é fixar um mês para cada ciclo. Quando você acaba um bloco, ou seja, uma disciplina, passa para a próxima.

Se acaba o ciclo inteiro, é só passar o primeiro bloco do próximo ciclo para esse. Isso tudo, é claro, sem deixar de lado as revisões.

A metodologia de ciclos que o professor Leo Murga explica, e base para aplicar o Método Futuro Servidor, mudou a forma como Mariana Dantas encarava os estudos para concursos. E isso foi fundamental na sua aprovação em duas seleções.

O ciclo de disciplinas equilibrou tudo e me permitiu avançar nas disciplinas. O respeito ao meu ritmo foi o que diminuiu a ansiedade, além da indicação de como estudar matérias do Direito e de alguns materiais de estudo, me tornaram mais afiada nas disciplinas, explica a servidora.

Faça como a Mariana e conheça o Método Futuro Servidor!

Por que ter um método é importante para passar em concurso?

Muitos acham que precisam ter um método de estudo específico que se atente a todos os mínimos detalhes da sua rotina.

Não deixa de ser verdade. Afinal, muitas pessoas trabalham e estudam. Outras, só estudam, mas têm diversas atividades ao longo do dia.

As variantes são inúmeras e, por isso, ter um método adaptado a sua rotina e ao concurso que está sendo visado é indispensável.

O Método Futuro Servidor, por exemplo, se adapta a sua quantidade de horas disponíveis, evitando ao máximo que você se sinta esgotado ao aplicar ele. O que Mariana seguiu na sua rotina também.

Mas lembre-se: também é necessário ter saúde física e mental para o processo de aprendizagem, para que assim ela possa ser eficiente.

Eficiência, muitas vezes, é a aliada mais importante do que tempo.

Curso Método Futuro Servidor menor

Hoje, ciente de como a metodologia foi importante para sua preparação, ela destaca alguns pontos:

  • Equilíbrio.
  • Redução da ansiedade.
  • Avanço gradual das disciplinas exigidas, sem deixar nenhuma para trás.

Esse processo de estudos também solucionou dificuldades que então estudante tinha, como:

  • Disciplina
  • Conhecimento mais ou menos uniforme sobre todas as matérias
  • Ansiedade

“Me adaptei bem, não me senti pressionada como com a adoção de métodos de estudos inadequados para minha forma de aprender, que era lendo, resumindo, exercitando e revisando”, justifica.

Dicas de estudos

Dicas para quem está se preparando para concurso

Fruto da sua própria experiência, Mariana Dantas deu algumas dicas para quem está no ritmo de preparação. São elas:

Além disso, ter uma rotina de vida saudável também é crucial. Mesmo estudante seis horas por dia, de segunda à sexta, e quatro horas no sábado, manter-se fazendo musculação, ao menos por uma hora entre quatro e cinco vezes por semana, fez toda a diferença.

E você, ainda tem dificuldades com a sua preparação? Não deixe de experimentar o Método Futuro Servidor e de ter seu planejamento automatizado com o Smart Planner!

Smart Planner da Folha Dirigida

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *