fbpx

O concurso de agente administrativo PF vale a pena?

É fato que o sonho de muitos futuros servidores são os concursos da União. E, apesar da Polícia Federal ser um órgão da Segurança, há também a área Administrativa para quem prefere não ser policial. Mas você já se perguntou se o concurso de agente administrativo PF vale a pena?

A remuneração começa em R$4.746,16 e pode chegar a até R$5.298,82 conforme a progressão da carreira. Além disso, o cargo tem como único requisito o ensino médio.

O professor Fred Alvim, da Folha Cursos, considera essa seleção uma excelente oportunidade de primeiro concurso para quem vai se aventurar.

Isso porque o concurso tem apenas prova objetiva e, a princípio, nenhuma etapa discursiva (com base no último edital). Somado a isso, o estudo pode ser reaproveitado para outros concursos, visto que tem diversas matérias comuns a carreiras administrativas.

Depois de ler este post, responda você mesmo: tornar-se um agente administrativo PF vale a pena ou não?

agente administrativo PF

Muitas disciplinas do concurso de agente administrativo da Polícia Federal também são cobradas em outras provas (Foto: Freepik)

O concurso agente administrativo PF está autorizado?

Até o momento da publicação deste post, não. O concurso tinha um cronograma que previa a autorização para 1º de julho, o que não aconteceu.

No entanto, é de se esperar que ele seja autorizado em breve. Isso porque 2022 tem eleições. Portanto, o déficit de servidores precisa ser preenchido antes do período eleitoral.

Vale lembrar que, de 557 vagas, 404 são para agente administrativo. Diferente do concurso para policial federal, elas são distribuídas regionalmente em vez de a nível nacional.

No último concurso, o estado com a nota de corte mais baixa foi São Paulo. Mas isso não significa que vá se repetir. As notas mais altas, a partir da maior, foram no Ceará, seguido por Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Distrito Federal.

Também há chances do quantitativo de vagas aumentar. Como faltam muitos servidores, a corporação acaba por tirar policiais de suas posições para atuarem na área administrativa. Em suma, investir nesse concurso também é investir na Segurança Pública.

Qual a diferença entre o agente administrativo e o agente policial da PF?

Diferente do policial, o agente administrativo não trabalha nas operações. Em vez disso, ele investe nas atividades meio para que a atividade fim da corporação, a investigação, possa acontecer.

Por isso, é muito importante que o candidato esteja atento às matérias específicas, visto que elas têm muita das atividades diárias dos futuros aprovados. Elas também são um bom termômetro para que você saiba se esta carreira é mesmo para você.

O professor Fred Alvim lembra que muito da nossa identidade pessoal está ligada à nossa profissão. Fazer um concurso apenas pela estabilidade e remuneração, a longo prazo, pode gerar frustração, na medida em que você não se identifica com seu trabalho.

Curso Agente Administrativo PF - Folha Cursos

Quais são as matérias para o concurso?

Com 534 vagas, o último concurso para o concurso de agente administrativo da PF foi em 2013, realizado no Distrito Federal e em diversos estados do país. A banca foi o Cebraspe (antigo Cespe/UnB).

Foram 50 questões de Conhecimentos Básicas, das disciplinas de:

Em Conhecimentos Específicos, foram 70 questões de noções de:

  • Administração Pública
  • Administração Financeira e Orçamentária (AFO)
  • Gestão de Pessoas nas Organizações
  • Arquivologia
  • Administração de Recursos Materiais (ARM)
  • Legislação Aplicada à Polícia Federal

Justamente por não ter redação, o concurso de agente administrativo PF vale muito a pena para quem quer ter uma primeira experiência com concursos.

Não é que não exista a possibilidade da corporação acrescentar à prova discursiva. Mas, como ter redação tornaria o concurso mais caro e mais longo, é pouco provável que aconteça.

Se o seu sonho é ingressar na Polícia Federal, explore essa condição da identidade, da importância do que você faz, do quanto você está abrindo mão em prol do seu futuro. Para o professor Fred, dedicar-se aos estudos também é um ato de amor próprio.

Além disso, nenhum estudo é perdido. Ainda mais que muitas dessas matérias também aparecem em outros concursos da área Administrativa. Se for o caso, por que não aproveitar essa preparação para outras provas?

Como absorver esse conteúdo?

Junto com o planejamento de estudos organizado pelo diretor acadêmico da Folha Dirigida, Douglas Schneider, o professor Fred recomenda atenção especial às matérias específicas, 70 das 120 questões da prova. Ele também acredita que a banca possa ser a mesma, o Cebraspe.

Quanto às técnicas de estudo, o que funciona para cada um é muito pessoal. No entanto, ele recomenda fortemente sempre procurar diversificar as disciplinas:

No que você começa a ver uma diversidade de assuntos, também começa a treinar sua capacidade de absorver mais informações ali do seu estudo, explica Fred Alvim.

Por exemplo, uma possibilidade é estudar uma disciplina de manhã e outras duas à noite, quando chegar do trabalho. Essa diversidade tornará o seu estudo mais dinâmico.

Se você não está conseguindo se preparar, precisa refletir quanto ao motivo para isso. Alguns dos motivos mais comuns são:

  • Acreditar que não tem tempo
  • Autossabotagem
  • Acreditar o que o concurso não terá autorização

A hora de estudar é justamente essa. Para assim que o edital sair, você precisar apenas de pequenos ajustes.

Como dica final, liste quais são os seus próximos passos na sua preparação:

  • Adquirir um curso?
  • Fazer um planejamento?
  • Colocar em prática o seu planejamento?

E aí, futuro servidor, agora é você que vai responder para a gente nos comentários: o concurso de agente administrativo PF vale a pena?

Curso Agente Administrativo PF - Folha Cursos

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Vale muito a pena.
    Vou começar os estudos e me preparar.
    Podem me ajudar com um planejamento e um curso barato?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *