fbpx

A importância de se manter bem informado

Compartilhe o conteúdo

Você sabia que uma notícia falsa pode impactar diretamente nos seus estudos? Às vezes, pode ser responsável até por desestabilizar você. Por isso, a importância de se manter bem informado.

Com a globalização, milhares de informações chegam para nós diariamente. É um desafio saber filtrá-las, definir onde encontrar o que será relevante para o estudo e não vai nos desmotivar.

Vamos citar um exemplo: Ao receber a notícia de que os concursos supostamente não iriam mais acontecer…

O que você sentiu?

Que tudo estava perdido?

Que deixou o tempo passar estudando ou que deveria largar tudo e tentar outra coisa da vida?

É por isso que você, como um verdadeiro futuro servidor, deve se preocupar também com as informações que você recebe e fugir daquelas que sejam mentirosas, as fake news.

Como manter o foco diante das fake news?

Para não se abalar com qualquer informação que você receba, é preciso ter foco. E isso será fundamental na hora de filtrar os conteúdos que o impactam todos os dias.

Esquivar-se das fake news não é fácil diante dos avanços tecnológicos e das redes sociais.

A importância de estar bem informado

Você sabia que uma pesquisa realizada pelo DataSenado revelou que 79% dos entrevistados disseram usar o WhatsApp como principal meio de informação.

Mas isso não é tudo: 47% afirmou ainda ser difícil identificar quando uma notícia é realmente falsa ou não.

Parece assustador, não é? Mas nem tudo está perdido, pois 83% das pessoas entrevistadas já entenderam que saber a fonte da notícia é o mais importante para assim identificar se é uma informação confiável.

Então, o que tudo isso significa? Que é fundamental sempre checar a informação, saber a fonte, antes de repassá-la.

Recapitulando, se você recebeu alguma dessas informações, cuidado, e não se abale antes mesmo de saber se é verdadeira ou não.

Na Folha Dirigida, entendemos na pele o que isso quer dizer. Diariamente somos bombardeados por informações sobre editais ou concursos previstos, que muitas vezes estão sendo amplamente divulgadas.

Mas nosso trabalho aqui é zelar por toda e qualquer notícia que divulgamos.

Qual a primeira fonte de informações do futuro servidor?

O órgão público é a sua principal fonte de informação. Afinal, é o responsável, junto das autoridades ligadas a eles, por todo tipo de decisão relacionada ao seu concurso de interesse. Desde o estudo de sua viabilidade, até a divulgação do edital e todas as etapas da seleção.

Por que eu digo isso? Simples, as informações contidas no edital devem ser o ponto de partida para quem estuda para concursos. Caso o novo edital não tenho sido divulgado ainda, é possível utilizar o anterior como base.

Lembre-se: um edital antigo está sujeito a possíveis alterações, pois o conteúdo programático pode vir com novidades por causa de mudanças nas legislações, por exemplo.

A estrutura pode até ser mantida, mas pode haver modificações em uma matéria ou outra, ou nos tópicos de uma disciplina.

Como ler um edital de concurso público?

Você sabe ler um edital? Primeiro de tudo, é importante sempre ler por completo. É preciso se atentar a detalhes, como:

  • O prazo para fazer a inscrição, onde será feita, se será online ou se há postos presenciais. Também é importante saber qual o valor da taxa e como é a forma de pagamento.
  • Se você não pode arcar com o custo e se enquadra em alguma das opções que têm direito a isenção, precisa entender quais são as regras para pedir, os tipos de formulário e o prazo para isso.

No momento da inscrição, dependendo do concurso, também pode ser necessário fazer a opção do local de prova.

Essa opção geralmente é disponibilizada para concursos federais, em que você precisa optar por uma cidade onde realizará as provas.

Outras informações importantes em um edital de abertura são:

  • O que é permitido levar ou não no dia da prova;
  • Que horas chegar;
  • Tempo de duração da avaliação;
  • O que você precisa estudar.

Então, o que tudo isso significa?

Que o futuro servidor deve ser uma pessoa bem informada. Seja sobre o noticiário que envolve os concursos públicos, sobre as notícias gerais que podem ser cobradas na prova e sobre o concurso em si.

O futuro servidor deve tomar cuidado com suas fontes e não se abalar por qualquer notícia que tiver acesso.

Se você perdeu algum episódio da Série Futuro Servidor, confira:

 


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *