Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Guarda de BH: especialista traz análise do edital

Concurso Guarda de BH: especialista traz análise do edital

O professor Davi Ferraz, do Monster Concursos, destacou os principais pontos do edital do concurso. Confira!

No último dia 13 foi publicado o edital do concurso para a Guarda Municipal de Belo Horizonte, em Minas Gerais, com oferta de 500 vagas. A convite da FOLHA DIRIGIDA, o professor do Monster Concursos, Davi Ferraz, fez uma análise completa do edital, destacando os principais pontos que merecem atenção dos candidatos. 

O primeiro passo, segundo o especialista, é conhecer as etapas do concurso, que são cinco:

⇒ 1ª Etapa – Prova Objetiva de Múltipla Escolha, de caráter Eliminatório e Classificatório;
⇒ 2ª Etapa – Prova de Títulos, de caráter Classificatório;
⇒ 3ª Etapa – Prova de Capacidade Física, de caráter Eliminatório e Classificatório;
⇒ 4ª Etapa – Sindicância Social, de caráter Eliminatório;
⇒ 5ª Etapa – Avaliação Psicológica, de caráter Eliminatório.

• Confira prova do último concurso da Guarda-BH

A prova objetiva está marcada para o dia 23 de junho, com 50 questões, quantidade que assusta muitos candidatos.  As questões estarão divididas da seguinte forma:

Distribuição das questões na prova objetiva
Disciplina N° de questões Pontos por questão Pontuação total
Língua Portuguesa 10 2 20
Legislação 20 2 40
Noções de Geografia Urbana 8 2 16
História de Belo Horizonte 7 2 14
Noções de Informática 5 2 10

 

Mas você sabe quais as matérias mais importantes do concurso? Ou seja, aquelas que precisa destinar mais tempo de preparação? Se não, o professor Davi Ferraz traz para você.

Ele alerta que as disciplinas de Língua Portuguesa e Legislação exigirão mais dos candidatos e, por isso, merecem atenção especial. “Lembrando que, segundo o edital, elas estão descritas como critério de desempate”, reforçou.

Quanto à forma de cobrança da Fundação Guimarães Rosa (FGR), organizadora, Ferraz explicou que a prova de Legislação, por exemplo, deve exigir dos candidatos o entendimento do texto legal, chamado de “lei seca”, sem fazer grandes abordagens em doutrina ou jurisprudência.

Quer mais detalhes sobre o edital Guarda-BH? Confira!

E quem ainda não começou a estudar? Dá tempo?

Alguns candidatos ainda não iniciaram os estudos para o concurso da Guarda-BH e, por isso, acreditam que podem ter mais dificuldade nas provas. Mas, segundo Ferraz, ainda é possível garantir uma boa preparação: “Embora pareça difícil, ainda dá tempo de se preparar para a prova da melhor forma possível”, comentou. 

enlightenedVeja 4 dicas para turbinar sua preparação:Confira curso para concurso Guarda-BH

  1. Utilize cronogramas de estudos e planilhas para se organizar. Por exemplo, elabore uma tabela com os horários que tem para estudo e divida o que você irá estudar durante a semana. Organização é tudo para ser aprovado nesse concurso;
     
  2. Faça muitas questões do tópico que acabou de estudar principalmente da banca FGR. Caso não encontre questões da banca, busque resolver questões de outras bancas. O importante é nunca deixar de realizar questões;
     
  3. Se durante a leitura aparecer alguma palavra que não conhece, busque o significado dela. Hoje em dia com o Google é muito fácil entender o significado das palavras. Caso não tenha internet, existe o bom e velho dicionário. O que importa é tirar a dúvida;
     
  4. Crie resumos do que for estudando durante o dia. Por exemplo, se você assistiu uma vídeo aula ou leu algum material busque escrever o que entendeu dele com suas palavras. Assim, fica mais fácil realizar suas revisões do conteúdo estudado;
Guarda municipal de BH
Concurso terá oportunidades para homens e mulheres
(Foto: Prefeitura de Belo Horizonte)

Se prepare também para o teste físico

Outra fase de seleção que preocupa os candidatos é o teste físico. Os candidatos serão submetidos às seguintes atividades:

  • Homens: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal;
  • Mulheres: força muscular (flexão abdominal), resistência aeróbica (corrida de 2.400 metros) e barra horizontal estática.

A recomendação do professor é que o candidato pratique atividades físicas entre os intervalos dos estudos. Pode ser uma corrida nos fins de semana ou todos os dias em um horário específico. Outra opção é procurar uma academia perto de casa.

“As vantagens que a atividade física trará para o seu corpo vão além da preparação para a prova. Ou seja, você está ganhando um bônus se tornando uma pessoa mais ativa e saudável.”

Os candidatos aprovados em todas as etapas serão convocados ainda para o curso de formação, que tem caráter obrigatório. O objetivo do curso é preparar os candidatos para o exercício das atividades do cargo de Guarda Civil.

Por fim, o professor Davi Ferraz deixou uma mensagem para os que desejam participar do concurso. “Essas são algumas das dicas que você tem para atingir a sua aprovação. Então é manter a calma, saber dos seus limites e se preparar da melhor forma possível para a mudança de vida.”

E aí, está esperando o que para começar a estudar?

Conheça os outros detalhes da seleção

O concurso Guarda Municipal de BH oferta 500 vagas, sendo 400 para homens e 100 para mulheres. A  remuneração inicial é de R$ 2.869,16, já contando com a gratificação de disponibilidade integral de R$277,68 e o adicional de risco de R$740,48.

A carga de trabalho é de 40 horas semanais e poderá ocorrer em turnos diurnos e noturnos, inclusive em finais de semana e feriados. Os interessados poderão se inscrever a partir do dia 15 de abril até o dia 14 de maio, no site da Fundação Guimarães Rosa, a organizadora.

A taxa de inscrição é de R$92,50. O valor poderá ser pago até 17 de maio. Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico) e membros de família baixa renda poderão solicitar a isenção do valor da taxa, entre os dias 15 a 17 de abril.


Comentários